Samsung Galaxy S7 com Exynos 8890 pode ter Problemas de Desempenho

  

Testes realizados no aparelho mostram uma queda de desempenho após 15 minutos de uso.

O Galaxy S7 é um dos maiores lançamentos da Samsung nos últimos anos. Nos testes pré-lançamento, um dos pontos analisado e considerado como uma boa notícia para o público brasileiro é que a versão com o chipset Exynos 8890, a qual se encontra a venda no Brasil, possui maior autonomia que a versão com o Snapdragon 820. Porém, agora uma notícia pode decepcionar o público tupiniquim: A versão com o Exynos 8890 está sofrendo com quedas em seu desempenho.

As informações são do site Nordic Hardware, que analisou o chipset Exynos 8890 e constatou que, após cerca de 15 minutos, o S7 com o chipset apresenta uma queda de desempenho referente a execução de conteúdos 3D no dispositivo. Uma das especulações é que o smartphone com o chipset Exynos pode estar sofrendo com superaquecimento, pois no teste realizado com o 3DMark Sling Shot, nas primeiras tentativas o smartphone da Samsung com o Exynos obteve 2.200 pontos, maior nota registrada em testes feitos pelo site, porém, após a quinta tentativa, algo realizado após cerca de 15 minutos, o desempenho cai para 1.571 pontos.

Por outro lado, a chance da versão com o Exynos 8890 estar sofrendo com superaquecimento pode de fato não passar de especulação, visto que após os 15 minutos, a temperatura sobe cerca de 8 graus, abaixo de 40 graus e considerado baixo. Como a ferramenta utilizada exige muito do dispositivo, devemos ressaltar o possível bom desempenho do dissipador térmico do S7, já que a temperatura não chega a superaquecer de fato o dispositivo.




Existem duas possíveis causas para a queda de rendimento do dispositivo: A primeira seria um problema na arquitetura da placa gráfica do S7, o Mali-T880 ou então o controlador térmico do aparelho pode ser muito sensível, o que poderia ser consertado com uma atualização, diferente da primeira possibilidade, que só poderia ser consertada com o lançamento de uma nova versão, o que certamente não é interessante para a Samsung.

O problema pode ser mais preocupante no caso de usuários que costumam passar um bom tempo jogando, o que poderia acabar causando de fato um superaquecimento no aparelho, embora não haja nenhum teste a respeito. A Samsung não se pronunciou a respeito.

Por João Trajano






Postar Comentário