Meizu PRO 5 – Novo Smartphone com Ubuntu OS

  

  

Aparelho conta com ótimas configurações mas deve sofrer com pequeno número de apps disponíveis.

O Ubuntu é uma das versões do Linux mais conhecidas nos desktops por ser extremamente simples quando comparada com outras versões do sistema operacional. Entretanto, o Ubuntu, que recentemente anunciou uma inovadora e polêmica parceria com o Windows (SO da Microsoft), ainda não estava presente no mercado de smartphones até o lançamento do Aquaris M10 Ubuntu Edition recentemente. Agora, é a vez de um novo dispositivo com o chamado Ubuntu OS ser lançado no mercado: O Meizu PRO 5.

O dispositivo vinha sendo alvo de especulações e rumores já há certo tempo na mídia e agora finalmente foi lançado, contando com um preço atrativo e configurações de respeito, contando por exemplo com o processador Exynos 7420, o mesmo de dispositivos como Galaxy S6 e Galaxy Note 5 da Samsung. O aparelho foge dos grandes sistemas operacionais mobile atuais e aposta em um novo sistema no mercado, será que vale a pena?


É importante ressaltar que antes de comprar o dispositivo, é necessário ter em mente que o sistema mal chegou ao mercado, ou seja, deve sofrer com problemas de compatibilidade e também com um número bem pequeno de apps disponíveis, visto que evidentemente o número de usuários é bastante pequeno.

Além do processador já mencionado, o dispositivo ainda conta com satisfatórios 3GB de RAM, placa gráfica Mali T760 contando com oito núcleos, 32GB de armazenamento interno (expansível por microSD), tela Full HD de 5,7 polegadas, câmera principal com 21 megapixels e sensor Sony IMX 230, câmera frontal de 5 megapixels e bateria com 3.050 mAh, além de um sistema de áudio de altíssima fidelidade.

Em termos gerais, o dispositivo conta com excelentes configurações, o que compensa o fato do SO sofrer ainda com os já citados problemas de compatibilidade. O dispositivo conta com uma câmera traseira excelente e uma capacidade de bateria bastante satisfatória, além de contar com o sistema de recarregamento rápido.

  

O dispositivo conta com um preço bastante atrativo, US$ 369,99 ou algo em torno de R$ 1.305, desconsiderando os impostos com base na cotação atual do dólar. A opção é bastante interessante para quem quer conhecer um novo sistema operacional, embora talvez não seja o ideal para aqueles que querem aproveitar todas as vantagens e apps disponíveis para os smartphones atualmente.

Murilo Couto





Postar Comentário