Primeiro cinema de realidade virtual já está em funcionamento


  

Conhecido como “sétima arte” o cinema sempre teve a capacidade e o poder de influenciar em larga escala as pessoas. Seja funcionando como fonte de educação, entretenimento ou conhecimento. Agora chegou a sua vez de ser influenciado por outra coisa que também não deixa de ser uma arte: A tecnologia.

Com as inovações trazidas pela realidade virtual e a incorporação da mesma ao cinema os conceitos que temos deste último deverão mudar drasticamente nos próximos anos.

O primeiro cinema a base de realidade virtual já está em pleno funcionamento na cidade de Amsterdã. Quem ainda não está familiarizado com esse tipo de tecnologia com certeza deve ter sentido uma certa estranheza na abertura do mesmo. O que é até muito lógico e justificável levando em consideração que a realidade virtual muda por completo as coisas e os aspectos que acabaram se tornando tão comuns nos cinemas tradicionais.

A primeira mudança a ser percebida, claro, é a forma como o filme é apresentado. No caso não há telas enormes e sim óculos!

Outro aspecto curioso e que não deixa de espantar nesse cinema é o fato de que o telespectador tem a possibilidade de assistir aos filmes sentados em cadeiras rotativas sendo que elas giram 360 graus. Com isso, nada do filme é perdido.

Tomando como ponto de vista a realidade virtual essa possibilidade de girar em qualquer direção que seja torna a experiência de assistir um simples filme algo mais profundo e participativo. Fato que de certa maneira traz mais realidade para a coisa toda.




Experiências e aprimoramentos na tecnologia de realidade virtual não pararam de ser feitas e se aceleraram nos últimos tempos. No ano passado, por exemplo, a companhia europeia Samhound Mídia fez diversas sessões experimentais usando os tais óculos de RV.

Neste caso os óculos eram o Samsung Gear VR (os mais aceitos atualmente) e os fones Sennheiser HD 201.

Mesmo sendo algo completamente novo e diferente de tudo o cinema com realidade virtual ainda está longe de agradar a todas as pessoas. Na verdade com o aparecimento de novas tecnologias a tendência é de que outros “setores” se tornem obsoletos ou desinteressantes.

De qualquer forma é tudo muito recente e ainda não é possível termos uma noção clara de como as coisas funcionarão futuramente com a realidade virtual.

Por Denisson Soares






Postar Comentário