Tizen deve receber Nova Versão em Setembro


  

Nova versão do sistema é 30% mais rápido que as versões anteriores e contará com diversos recursos novos.

O Tizen é o sistema operacional mobile da Samsung, que há alguns anos foi uma aposta da empresa sul-coreana para não se tornar totalmente dependente do Android como SO móvel, porém, após algum tempo, na verdade há praticamente um ano, a empresa acabou ''abandonando'' o sistema, gerando rumores de que o mesmo seria descontinuado. Entretanto, certamente os antigos rumores não são verdadeiros, visto que após idas e vindas e após rumores de que a empresa iria lançar um dispositivo top com o sistema, a empresa anunciou durante a ''Samsung Developers Conference'' que lançará uma nova versão do sistema em Setembro desse ano.

Um dos fatores que motivam a Samsung a voltar a investir do Tizen é a possibilidade de ter maior liberdade para atuar em seu sistema, o que não acontece hoje com a Google e o Android. Agora, o sistema deverá receber sua versão 3.0 em Setembro desse ano, com versões betas disponíveis a partir de Julho, trazendo diversas novidades para o sistema operacional da empresa sul-coreana.

É dito que todo o código base do sistema foi reescrito, tudo isso para que o Tizen ganhe maior compatibilidade com aparelhos como carros, drones, TVs e outros, como os óculos de realidade virtual, o que justificaria o período de breve ''abandono'' do sistema. Além disso, uma informação traz a tona a antiga possibilidade da Samsung lançar um de seus grandes smartphones high-end com o Tizen, visto que a empresa anunciou que o sistema também foi preparado para receber o que há de mais potente atualmente quando o assunto é hardware.

O sistema também terá arquitetura 64-bit, assim como, quem sabe, seus futuros concorrentes, Android e iOS. O sistema segue sendo baseado no Linux e com o kernel LTS.




A Samsung também anunciou que ainda neste ano dispositivos novos serão lançados com o Tizen 3.0 como sistema, entretanto, não foram revelados quais serão os dispositivos ou até mesmo se eles serão ou não da própria sul-coreana.

A empresa também realizou diversas melhorias no desempenho do sistema em si, que agora é 30% mais rápido que suas versões anteriores. Além disso, a Samsung pretende integrar o Tizen com todo tipo de equipamento inteligente disponível, desde geladeiras a até mesmo lâmpadas e aspiradores de pó.

Maria Luiza Mazzo






Postar Comentário