Xperia M5 – Smartphone tem boas câmeras, mas qualidade deixa a desejar

  

O Xperia M5 foi lançado no final de 2015 aqui no Brasil, apesar de ser um aparelho intermediário ele conta com algumas “coisinhas” que só os premium tem. Um bom exemplo são as câmeras poderosas: A traseira tem 21,5 MP e a frontal 13 MP. Também tem o processador octa-core de 64 bits Media Tek Helio X10. Quando ele apareceu no mercado o preço era relativamente alto ficando na faixa de R$2.599. Mas hoje em dia ele já pode ser encontrado por R$1.780, preço que é mais condizente com sua categoria. Entre seus principais rivais estão o Moto X Play da Motorola e o Galaxy A7 da Samsung.

No geral o M5 é um smartphone que traz um bom desempenho, mesmo assim o aparelho apresenta alguns engasgos que dificultam seu uso.

Voltando as câmeras a traseira permite filmagens em 4K e ainda conta com a tecnologia híbrida de autofoco batizada de Steadyshot. A título de curiosidade essa é a mesma tecnologia presente no Z5. A presença de um sensor de 13 MP na câmera frontal é uma boa pedida para quem adora as tão populares selfies.

Apesar de ter boas câmeras o M5 derrapa em alguns aspectos nessa parte. Por exemplo, áreas escurecidas e cores com uma aparência “lavada” estão entre os pontos fracos. Curiosamente ao se comparar as fotos feitas pelo Galaxy S6 que tem só 5 MP na câmera frontal é possível perceber uma diferença de qualidade significativa. Este último consegue produzir fotos mais limpas.

O Xperia M5, como já apontado, conta com um processador Helio X10 MediaTek. Um octa-core de 64 bits com uma velocidade de 2,0 GHz. No Z5, apenas para comparar, o processador é um Snapdragon 810 da Qualcomm.




Ao que parece a Sony queria um processador “alternativo” em comparação com o melhor do mercado para deixar o M5 bem mais capaz. E de fato até que conseguiu algum sucesso nessa parte já que boa parte das funções podem ser usadas sem nenhum problema.

Destaque para a bateria que mesmo com seus 2600 mAh tem um bom rendimento já que trabalha com a tecnologia Stamina da Sony.

Por fim, ainda vamos encontrar 3GB de RAM. O armazenamento interno tem capacidade só para 16 GB, mas o smartphone aceita microSD. O preço apesar de estar mais baixo ainda não é o ideal. Talvez se cair mais um pouco a compra seja uma boa ideia.

Por Denisson Soares






Postar Comentário