Asus Zenfone Max – Configurações e Lançamento na Índia


  

Novo smartphone possui tela de 5,5 polegadas e contará com bateria de 5.000 mAh.

A empresa taiwanesa Asus anunciou oficialmente o lançamento de seu novo smartphone, o Zenfone Max. O aparelho é destinado ao mercado da Índia e apresenta boas especificações. A Asus já havia mostrado o aparelho em alguns eventos de tecnologia pelo mundo, no entanto, ele ainda não havia sido lançado oficialmente. O Zenfone Max será vendido na Índia pelo valor de 9.999 rúpias, cerca de R$ 530 na conversão direta, sem impostos.

O aparelho conta com diversas funcionalidades presentes em outros modelos da linha Zenfone. O Max conta com uma longa autonomia em sua bateria, uma aparência tradicional da linha, preço acessível e a possibilidade de servir como carregador portátil para outros aparelhos. O tamanho da tela é uma de suas características que mais chamam a atenção. Ele possui uma tela HD de 5,5 polegadas com resolução 1280 x 720 pixels. Sua bateria tem incríveis 5.000 mAh e é mais que suficiente para manter o aparelho mais de um dia longe da tomada. Ele será vendido no mercado com duas opções de memória RAM, uma com 2 GB e outra mais potente de 3 GB. Na versão de 2 GB o preço de 9.999 rúpias será mantido, mas para o de 3 GB o aparelho custará 12.999 rúpias (R$ 690 na conversão direta). O processador que acompanhará o aparelho é um Qualcomm Snapdragon 615 de 64-bits. Além disso, ele irá trabalhar com uma GPU Adreno 405 e terá 32 GB de armazenamento interno, podendo ser expandido via cartão microSD.

De fábrica, o aparelho rodará o Android 6.0 Marshmallow, com a possibilidade de ser atualizado para o Android N, anunciado recentemente pelo Google durante o Google I/O. Vale a pena ressaltar que o sistema irá rodar juntamente como a interface proprietária da Asus, a Zen UI.




O Zenfone Max ainda contará com uma câmera traseira de 13 megapixels e uma frontal de 5 megapixels. Ele será vendido na versão Dual SIM. Não há qualquer informação se a Asus pretende trazer o Zenfone Max para o mercado brasileiro no futuro. Tendo em vista que a companhia conta com diversos modelos da linha no Brasil, a possibilidade de que isso aconteça é grande. Até lá, o aparelho só poderá ser adquirido pelos consumidores brasileiros por meio de importação.

Por William Nascimento






Postar Comentário