Dicas de Como Escolher seu Smartphone

  

Descubra aqui qual tipo de smartphone é o mais indicado para você.

Os celulares evoluíram para smartphones e com isso seus preços se ampliaram para várias faixas, desde os baratos e funcionais, até mesmo os de luxo que são pura ostentação.

Para comprar um celular é necessário levar em conta dois fatores principais, o seu orçamento e o seu objetivo.

Enquanto o orçamento é quanto você pode gastar e até onde está disposto a se enfiar em uma dívida, quando o objetivo entra em cena as dúvidas começam.

Caso você tenha uma vida agitada e use o celular mais para conversação do que para internet, os celulares de baixo custo são campeões no quesito de duração de bateria, mas isso acontece principalmente pelo seu pouco uso. Nesse caso, o Samsung Galaxy J5 e o Microsoft Lumia 640 são boas escolhas.

Se você está acessando redes sociais a todo tempo, um celular de categoria mediana cumpre bem o papel, entre eles estão o Samsung Galaxy A5 e o Moto G.

Agora, caso você use muito a internet e precise de um equipamento que possa te substituir até mesmo um computador, os celulares mais caros serão o seu objetivo, nesse caso os celulares mais interessantes são: Moto X Play, iPhone 5S, Motorola Galaxy S6, entre outros.




Mesmo nessas três faixas de objetivo, você encontrará vários ouros celulares em diferentes faixas de preço, para isso você precisa então avaliar qual é o real uso que você fará.

Uma câmera de 20 megapixels é interessante, mas quanto você usará ela? Ou mesmo algum com uma câmera frontal de enorme resolução indicada para quem gosta de tirar selfies. Se esse não é o seu objetivo, pode ser um gasto enorme e desnecessário.

As marcas mais populares são Motorola e Samsung, enquanto a mais cobiçada continua sendo a Apple. As duas primeiras ainda têm celulares em várias faixas de preço, enquanto a Apple, especialmente no Brasil, requer um grande investimento.

Dentro dessas duas marcas, você tem várias escolhas, como por exemplo, celulares com mais armazenamento interno ou com opção para cartão de memória externo, cada um levando um preço para um lado.

No fim das contas, é preciso pesquisar bastante e considerar o uso e o valor que você pode pagar para acabar não gastando à toa em algo que você não vá usar.

GABRIEL ESTEVAN MARTINS PINHEIRO GASTALDO






Postar Comentário