Samsung Galaxy S8 pode usar Bateria da Sony



Empresa contará com nova fornecedora de baterias para evitar os problemas que teve com o Galaxy Note 7.

De acordo com a Agência Efe, a Samsung Electronics irá incorporar uma divisão da japonesa Sony, na gama de seus fornecedores de bateria. O “acréscimo” nos fornecedores chega bem na hora do novo modelo do Galaxy S8 ser lançado.

Com isso, a companhia que atualmente ocupa o posto de maior fabricante de smartphones do mundo irá usar baterias de íons de lítio da Sony em uma tentativa de deixar para trás e evitar o que aconteceu em 2016, quando foi preciso retirar do mercado alguns dispositivos já que estes apresentaram problemas (Note 7).



Na época, os defeitos nos aparelhos começaram poucos dias depois que as vendas começaram. De acordo com uma pesquisa feita pela própria fabricante, o problema estava mesmo na bateria. O custo do problema ficou em torno de 6,1 trilhão de wons, algo em torno de US$ 5,3 bilhão de dólares e provocou a parada da produção dos dispositivos em apenas dois meses.

O que se sabe é que a Samsung Electronics conta com dois fornecedores, a Samsung SDI e uma empresa baseada em Hong Kong chamada Amperex Technology, que por sua vez, é filial de uma japonesa fabricante de peças eletrônicas, a TDK. Apesar de não ter nada muito detalhado, alguns sites especializados já indicam que a Samsung já confirmou a incorporação do novo fornecedor.

Até agora a Sony Energy Devices, filial de baterias do conglomerado de empresas japonesas, deverá se tornar em uma divisão de fabricante de componentes eletrônicos chamada Murata Manufacturing quando, neste ano, a venda for completada.



A atuação no setor de baterias foi iniciada pela Sony em 1975 e de lá pra cá se tornou a maior companhia do mundo na área de comercialização de baterias de íons de lítio (1991). Entretanto, nos últimos anos acabou por perder um pouco do espaço e de vantagem competitiva principalmente sobre alguns de seus concorrentes sul-coreanos.

Sobre o lançamento do S8, a Samsung já deixou claro que não irá lançar o aparelho durante a MWC 2017. Ao que parece essa será a primeira vez que companhia quebrará a tradição de lançar um novo flagship em um grande evento em Barcelona. De qualquer forma, a expectativa é de que a novidade seja lançada no dia 29 de março de 2017.

Até lá teremos mais novidades!

Por Denisson Soares





Postar Comentário