Transferência de Arquivos entre PC com Windows e Mac – Como Fazer


  

Aprenda aqui como fazer para transferir arquivos de um computador com Windows para um Mac.

Para os usuários de PCs e notebooks, talvez um dos grandes sonhos seja ter o seu primeiro Mac, assim como os usuários de smartphones que almejam ter o seu primeiro iPhone. Entretanto, migrar de uma plataforma aberta para a plataforma fechada da Apple com certeza vai requerer do usuário certas adaptações, principalmente se você for um usuário que possui vários arquivos e os utiliza com bastante frequência.

Pensando nisto, a própria Apple pensou numa ferramenta que possibilita a transferência de arquivos do sistema Windows para o Mac.

Num primeiro momento, pode-se até parecer impossível que arquivos da famosa Microsoft possam ser abertos no poderoso macOS. Mas com o chamado Assistente de migração, os usuários poderão ficar mais tranquilos.

Para que a transferência possa ser possível, primeiro os dois PCs precisam estar conectados, ao mesmo tempo, em uma rede específica. Poderá ser Wi-Fi ou até mesmo a ligação de um cabo do tipo Ethernet diretamente entre ambos.

Vale lembrar que com o processo é possível transferir arquivos como músicas, vídeos, documentos, imagens e contatos de e-mails.




Um segundo passo é baixar e instalar o Assistente de migração para o seu Mac. Mas atenção, o tipo de arquivo muda caso você tenha um sistema macOS diferente. Caso você tenha dúvidas, basta acessar o endereço: https://support.apple.com/ para saber qual a versão mais adequada para baixar para o seu Mac.

Depois de instalar e configurar o seu programa, o usuário poderá iniciá-lo assim que os computadores forem reiniciados pela primeia vez, após a instalação. Logo de cara, o programa vai perguntar de onde se quer transferir os arquivos. O usuário, então, deverá selecionar a opção informando que é de um computador com Windows para iniciar o processo.

No passo seguinte, o seu Mac vai mostrar quais os PCs conectados e depois de selecionado, quais os arquivos que podem ser removidos de um para o outro.

O interessante é que os arquivos serão transferidos para pastas específicas de imagens, documentos e de contatos de e-mails específicos e de modo automático. Fotos, por exemplo, vão para pastas pessoais. Os sites dos Internet Explorer e do Firefox, por exemplo, vão para os favoritos do Safari. Arquivos de som e imagens automaticamente são configurados para serem abertos pelo iTunes.

Emmanoel Gomes






Postar Comentário