GhostCtrl – Novo Vírus para Android pode Controlar Celular



Novo vírus para Android é capaz de roubar informações e controlar funções do aparelho.

O celular é hoje uma das ferramentas de comunicação mais importantes em nosso meio e, por esse motivo, constantemente ele está sujeito aos males encontrados no mundo cibernético. Por isso, a notícia que tem circulado é muito importante e um alerta aos usuários do sistema Android.

Isso porque um novo software malicioso tem agido na praça e causado danos bem graves aos celulares. Trata-se do de um antigo malware que foi identificado pela Trend Micro, uma empresa que é especializada na defesa das conhecidas ameaças digitais. Esse afetaria os dispositivos que possuem o sistema operacional da marca Google.



O “GhostCtrl”

Apelidado de “GhostCtrl”, o problema acaba por controlar algumas das funcionalidades básicas do aparelho, como o bloqueio da tela do celular ou até mesmo a redefinição de senhas, entre outros. Em termos de quantidade, portanto, foram identificadas três versões distintas do malware, sendo uma mais problemática do que a outra.

A primeira pode roubar as informações e controlar as funcionalidades do seu dispositivo com muita facilidade. Já a segunda acaba “sequestrando” mais alguns recursos extras do seu aparelho. E a última e pior combina todas as informações anteriores.

Como ele te afeta?

Talvez você tenha lido tudo isso até aqui e esteja se perguntando sobre como ele chega no seu celular. Pois a resposta é simples. Infelizmente, o malware se passa por um daqueles aplicativos que são legítimos e muito populares que temos no nosso aparelho, como por exemplo o próprio WhatsApp.



Logo que é iniciado o app, essa versão maliciosa chega. Por ser um vírus persistente, mesmo que haja a rejeição de pedido de instalação, ele sempre voltará com a solicitação, podendo inclusive ser executada em segundo plano.

O “GhostCtrl” realiza diversas funções distintas. Um dos comandos se responsabiliza por roubar informações valiosas como contatos, registros de chamadas e de SMS, números de telefone, localizações e muito mais. Além disso, o malware consegue ainda roubar outros dados como nomes de usuários, baterias, Wi-Fi, dados de câmeras, Bluetooth, navegadores de pesquisas, papéis de parede e muito mais.

Já um outro comando permite que os invasores especifiquem o conteúdo e o alvo, tornando-o bastante flexível. Sendo assim, é possível que os criminosos manipulem todas as funcionalidades sem que o proprietário do aparelho saiba.

Todavia, conforme a própria Trend Micro, uma das capacidades mais assustadoras desse software malicioso é a de realizar uma gravação de áudio do usuário, sem que ele nem perceba. Após isso, ele é carregado em um servidor, sendo possível interceptar, inclusive, algumas mensagens de texto de números específicos dados pelo invasor.

E como se proteger?

Visto tudo isso, é preciso se proteger para que os males do “GhostCtrl” não cheguem até o seu Android. Segundo a Trend Micro, a contaminação é mais difícil quando o seu dispositivo está sempre atualizado.

Além disso, é importante não autorizar o acesso e a instalação de apps que você julga duvidosos, uma vez que eles trazem diversos recursos perigosos para a “saúde” do seu dispositivo. Algumas sugestões se referem à implementação de um sistema capaz de detectar e também bloquear esses aplicativos suspeitos, a utilização de criptografia em dados, a implantação de firewalls e o backup de dados de forma regular.

Assim, é possível evitar problemas futuros que te darão muita dor de cabeça. Fique ligado e se proteja.

Kellen Kunz





Postar Comentário