Nokia 2 – Ficha Técnica e Novidades



  

Novo celular da Nokia é barato e conta com bateria que dura 2 dias.

A Nokia mostrou ao mundo mais um aparelho na tentativa de buscar o posto que ela ocupava um dia. O “Nokia 2” é uma opção de aparelho econômico, de entrada, mas que tem como grande destaque a duração de bateria.

As especificações são típicas de telefones com custo baixo: Snapdragon 202 com 1,3 GHz, 1 GB de memória RAM e 8 GB de armazenamento interno, com expansão através de cartões Micro SD. Este conjunto de especificações e componentes por baixo do capô deve ser o mínimo para rodar o Android de forma satisfatória. Por falar em Android, a versão que vem instalada neste aparelho é a 7.1.1, sem previsão de atualização, porém, sem grandes modificações feitas pela fabricante neste sentido, trazendo praticamente a mesma interface vista em aparelhos da Motorola e também da Quantum, por exemplo.

A tela não tem grandes novidades, sendo uma com tecnologia IPS (presente nestes aparelhos de baixo custo) com 5 polegadas de tamanho e uma resolução HD, para menor consumo de energia e menor custo na produção. As câmeras também são simples: um sensor de 5MP na parte frontal para selfies, com foco fixo, e outra de 8MP na parte traseira com foco flash para fotos noturnas, ou para ser usado como lanterna. Ainda está presente neste aparelho a saída para fones de ouvido, suporte a redes WIFI 802.11 b/g/n, bem como o Bluetooth 4.1 com suporte a GPS/A-GPS, GLONASS e Beidou.

Mas o grande foco é a bateria. É destacado pela fabricante que este dispositivo tem duração de 2 dias fora da tomada. Os ajustes no software, bem como os 4.100 mAh, deve ajudar o aparelho a bater esta marca, porém, tudo conforme o uso de quem está mexendo nele. Um ponto negativo é que não se tem suporte para carregamento rápido, o que deve fazer este celular demorar para carregar mais do que seus concorrentes.

O preço é bastante interessante, já que na Europa ele custa cerca de 99 euros, sem previsão de vendas no Brasil ainda, porém, a ideia é comercializar o Nokia 2 no mundo todo em alguma data ainda não divulgada. As cores disponíveis são o Preto e Branco.

Marca Nokia se reestrutura




A Nokia, administrada pela HDM, que é formada por ex-executivos da Finlandesa, vem disponibilizando alguns bons modelos na tentativa de se reerguer no mercado mundial e colocar a Nokia no lugar onde ela jamais devia ter saído.

Estes lançamentos são mistos de novos com alguns que fizeram sucesso, como é o caso do Nokia 3310, mais conhecido como “o celular indestrutível”. que ganhou ainda esse ano dois modelos, ambos coloridos, com a diferença que um tem conexão apenas 2G e o outro 3G. Entre estes destaques, está o “jogo da cobrinha”, que estava no aparelho original lançado na década de 2000 e era a sensação do aparelho. Outra novidade é que o “Novo Nokia 3310” ganhou uma câmera, bem como a expansão por cartão SD para salvar as fotos ou transferir as músicas.

Já o Nokia 6 foi o primeiro dessa fase da fabricante, também sendo um aparelho com especificações interessantes, sendo elas: Tela de 5,5 polegadas de tecnologia IPS e resolução FULL HD, corpo de alumínio anodizado, 4GB de memória RAM, 64 GB de armazenamento interno com suporte a expansão, sendo que o conjunto de câmeras apresentados parece interessante. Na frontal são 8 MP e na parte traseira um sensor com 16 MP, foco automático e outros recursos via software. Por falar em câmeras, a HDM já avisou que irá mudar a interface do aplicativo da câmera.

O Nokia 6 também tem um som de respeito, sendo um Dolby Atmos, pouco encontrado em smartphones. O processador é um Snapdragon 430 de quatro núcleos com 1,4 GHz e Android. Mesmo ainda não presente no Brasil, a maioria destes dispositivos estão disponíveis via importação.

Por Leandrinho de Souza






Postar Comentário