Novo Android 8 Oreo – Celulares Samsung com Atualização Prevista

  

Saiba aqui quais modelos de celular da Samsung devem receber atualização para a nova versão do Android.

No fim de semana passado, ou seja, recentemente, uma provável relação de aparelhos celulares da marca Samsung estava circulado pela rede, cuja estrutura necessita ser atualizada, no sentido de adaptá-los ao Android 8 Oreo. Esta possível lista, a princípio, é fruto de informação clandestina presente na web, mais precisamente na rede social intitulada Weibo, na qual um indivíduo, possivelmente colaborador de alguma das indústrias de smartphones estabelecidas na China, propositadamente fez vazar em forma de dados. Assim, dentro da série de modelos e marcas, os lançamentos que necessitarão de atualização no ano 2017 são o Galaxy S8, o S8 Plus e também o Note 8. Aparelhos um pouco mais velhos, lançados no ano de 2015, por exemplo, também estão escalados para atualização, entre eles os Galaxy S6 e o S6 Edge.

Os consumidores, diante dessas notícias, podem esperar pelo devido update dos modelos S8 e modelo S8 Plus em primeiro lugar, já que o sistema em questão se encontra, há semanas, em uma etapa de testes realizados sobre os dispositivos. Entretanto, a companhia Samsung não publicou nenhuma nota oficial a respeito dessa situação.

A relação de aparelhos que provavelmente precisam de update tornou-se polêmica em pouco tempo devido ao fato de nela estarem incluídos aparelhos celulares que estão para ser lançados, entre eles o Galaxy A3, o A5 e o A7 2018, como também o Galaxy C10. Portanto, há grande chance de que os modelos dessa série cheguem ao mercado munidos, ainda, de Android 7 Nougat. No parágrafo seguinte estão enumerados todos os aparelhos tablets e celulares da marca Samsung comercializados em território brasileiro e que provavelmente receberão o devido update.

Entre eles: o aparelho Galaxy J7 2016, Metal; o modelo Galaxy J7 Pro; o modelo Galaxy J5 Pro; o aparelho Galaxy J7 Prime; o modelo Galaxy J7 Neo; o Galaxy Tab A 2017; o modelo Galaxy Tab A 2016; o modelo Galaxy Tab S3; o modelo Galaxy Tab S2; o modelo Galaxy S8; o Galaxy S8 Plus; o modelo Galaxy S7; o aparelho Galaxy S7 Edge; o modelo Galaxy S6; o modelo Galaxy S6 Edge; o Galaxy S6 Edge+; o Galaxy Note 8; o Galaxy Note 5; o modelo Galaxy A7 2017e o modelo Galaxy A5 2017.




Assim, a razão desse update, anunciado por meios não oficiais, se dará no sentido de promover um controle mais rigoroso sobre as ações realizadas por aplicativos com consequente economia de bateria. Portanto, é uma proposta que visa garantir um lucro em termos de energia, mesmo que o aparelho celular permaneça em modo Stand By.

Entre as inovações a serem anunciadas e executadas estão as notificações automáticas, que a partir da atualização estarão organizadas em conjuntos, por meio de temas, visando um melhor desempenho na visualização. Os consumidores terão chance de realizar diversas funções ao mesmo tempo. Esse update terá possibilidade de ser personalizado com ícones ajustáveis na tela de modo muito mais organizado. A ferramenta de Picture in Picture, pertencente ao Android proporcionará a devida minimização da janela do canal do YouTube, por exemplo, no sentido de que seja possível manter a tela, quando se está assistindo a algum vídeo, ao mesmo tempo em que se faz uso de qualquer outro aplicativo em estilo tela cheia.

A partir do anúncio desta atualizada plataforma, o consumidor fica ciente de que a mesma já está instalada em aparelhos celulares comercializados no Brasil, por exemplo, nos dois modelos: Xperia XZ1 e Xperia XZ Premium. Junto dessa série lançada pela companhia sul-coreana, outros aparelhos celulares fabricados por companhias diversas também estão dentro desta medida atualizadora. A partir do mês de agosto de 2017 uma relação de celulares produzidos pela empresa Sony, agendados para a atualização em Android 8, surgiu na Internet. Assim, confirmando parte desta notícia, a companhia Motorola emitiu uma nota oficial ratificando, no mês seguinte, setembro, uma lista de seus aparelhos selecionados para a devida atualização.

Paulo Henrique dos Santos






Postar Comentário