Golpe no WhatsApp – Mensagem de Plano de Saúde Unimed Grátis




Mensagem oferecendo suposta anuidade de plano de saúde começou a circular por WhatsApp e é falsa.

Muitas pessoas estão caindo em farsas passadas pelo app de mensagens Whatsapp, dessa vez, no começo de 2018, a promoção de planos de saúde gratuitos está deixando muita gente em maus lençóis.

Confira nesse post mais informações sobre a mensagem que tem circulado no mensageiro, prometendo convênios gratuitos, fique por dentro e não caia nesse golpe!


Pessoas são vítimas de golpe que promete planos de saúde gratuitos durante um ano via Whatsapp

De tempos em tempos aparece alguma mensagem viral no Whatsapp prometendo condições incríveis sobre algum serviço, sempre acompanhado de um link de direcionamento. Com a devida exceção dada aos perfis empresariais do aplicativo, a maioria dessas mensagens são falsas e não passam de um golpe!

A última da vez foi uma mensagem cuja Unimed serve de isca: o recado propagado por muitas pessoas prometia um ano gratuito de plano de saúde. Apenas em janeiro desse ano (2018), mais de 2,5 milhões de pessoas sofreram golpes pelo Whatsapp.

No caso dessa falsa promoção da operadora de saúde, ao clicar no link especificado na mensagem, você é direcionado para uma página onde aparecem 3 perguntas sobre os hábitos do consumidor.


Então, para confirmar o plano, o site pede pra que a pessoa "contemplada" compartilhe a mensagem com mais pessoas. Nisso, a mensagem vai sendo compartilhada e deixa mais pessoas vulneráveis ao golpe.

Quando a inscrição nesse falso site com falso formulário da Unimed é preenchido, na verdade, o que acontece é a permissão para a assinatura de serviços do tipo premium, além de instalação de aplicativos fraudados e muitíssimo maliciosos, entre outras ações desse naipe, praticadas por cibercriminosos.

Sempre que você receber mensagens divulgadas por meios não oficiais acompanhas de um link, suspeite. Veja se a oferta não é "boa demais para ser verdade" e confira sempre a fonte. Mensagens desse tipo podem vir pelo Whatsapp, via sms ou ainda via e-mail, dentre outras redes sociais.

Com a expansão da tecnologia, a segurança virtual também deve ser sempre valorizada. A vida toda das pessoas está hospedada na palma da mão. Hoje em dia, diversas informações são arquivadas, desde fotos pessoais até senhas de redes sociais, e-mails e dados do trabalho, até questões bancárias. Descuidar-se com o acesso desses assuntos é ficar exposto para ameaças de todos os níveis.

Não é só no roubo de dados que esse criminosos virtuais atuam. Casos de invasão de câmera, por exemplo, podem acontecer. Por isso, previna-se contra esse males.

Confira os golpes passados pelo WPP que mais causaram estragos no ano passado

No ano de 2017 várias pessoas caíram em golpes enviados por Whatsapp, preparamos uma lista com os que mais afetaram as pessoas. Dê uma olhada e fique esperto!

Mudar de cor no Wpp – Afetou 8 milhões de pessoas. Ele prometia mudar a cor do app de mensagens. O golpe acontecia redirecionando as vítimas para uma página de verificação de processo e induzindo-as a baixar diversos aplicativos que malificiavam o smartphone em questão.

FGTS – Prejudicou 4,5 milhões de pessoas. Foi na metade do ano passado que esse golpe foi aplicado. O golpe ocorria dessa maneira: era enviada uma mensagem prometendo que se o usuário compartilhasse o link do golpe com mais 5 pessoas, conseguiria receber mais de R$1.500,00 de contas inativas do FGTS. Quando as vítimas clicavam no link, pagavam sem ter o conhecimento por um pacote de SMS.

Recarga gratuita – Prejudicou 2 milhões de pessoas. Dizendo ser uma promoção de aniversário do app Whatsapp, o golpe era basicamente o oferecimento de recargas para algumas operadoras brasileiras. Para ativar a falsa recarga, o usuário deveria compartilhar com um número determinado de contatos e também assinar um pacote que custava 5 reais semanais, descontados diretamente dos créditos da vítima.

Carolina B.





Postar Comentário