Samsung Galaxy J5 e J7 – Lançamento no Brasil



Smartphones custam entre US$ 254 e US$ 318.

A Samsung é uma das empresas que mais investem em smartphones ao redor do mundo, contando com diversas versões de dispositivos para agradar o público mais amplo possível. Entre eles, temos a nova geração do Galaxy J5 e J7, que após serem lançados em alguns países da Europa, agora estão sendo lançados na Coreia do Sul e devem chegar em breve ao mercado nacional.

A nova geração do Galaxy J5 e J7 inclui algumas mudanças que tornam os dispositivos mais atuais em relação ao que temos atualmente no mercado, com também algumas alterações de design. O Galaxy J5 pode ser encontrado nos países onde já foi lançado, pelo preço de US$ 254, enquanto que a versão com tela maior, o Galaxy J7, está sendo lançado pelo preço de US$ 318. Os valores, se comparados aos de dispositivos do mesmo nível, porém de empresas menores, é um pouco elevado, porém, não deixam de oferecer um bom custo benefício a aqueles que os compram.



Os dois dispositivos estão disponíveis nas cores preto e dourado. A empresa sul-coreana também anunciou que o Galaxy J3 será lançado em breve na Coreia do Sul, embora nenhum detalhe tenha sido divulgado pela empresa. No Brasil, o dispositivo é um dos mais baratos para o seu nível, sendo comercializado por R$ 999, algo em torno de US$ 180, um valor bastante baixo ainda mais para o mercado internacional.

A empresa sul-coreana, porém, não divulgou a data de lançamento e o preço que o Galaxy J5 e J7 deverão receber no Brasil. Entretanto, como o Brasil é um dos principais mercados da Samsung, que é a líder de vendas de smartphones por aqui e as últimas versões da família J fizeram um enorme sucesso em solo tupiniquim, o lançamento do dispositivo é aguardado ainda para este semestre.

Leia também:  Moto X4 - Ficha Técnica, Especificações


O Galaxy J5, versão mais barata entre as agora lançadas, na conversão do dólar para o real ainda desconsiderando os impostos deve chegar so Brasil por pouco mais de R$ 870, um bom valor se levarmos em consideração que são dispositivos intermediários e com a volta da Lei do Bem, os dispositivos móveis devem ter uma leve queda em seus preços por aqui.

Maria Luiza Mazzo

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *