IMEI do Celular – Como Descobrir se o Aparelho é Válido ou está Bloqueado


  

Saiba aqui como descobrir se o seu celular possui IMEI válido ou está bloqueado.

A moderna tecnologia de smartphones permite uma série de meios de rastreamento e identificação, em rede. O principal meio de realizar a identificação de um determinado telefone celular se dá pelo chamado código IMEI, que consiste em uma combinação codificada única, no sentido de verificação da situação de um aparelho. É por meio deste tipo de código numérico que um usuário pode, e deve proceder de modo a proibir novo registro, em rede de alguma operadora, de um celular roubado. Portanto, conforme uma série de instruções, o consumidor que teve seu aparelho furtado garante que o aparelho não será utilizado por terceiros. Uma dica muito importante é a seguinte: qualquer pessoa que decida adquirir um smartphone cuja procedência seja duvidosa, ou seja, de segunda mão, será de grande prudência e responsabilidade verificar a situação do histórico do aparelho.

Os dirigentes da Agência Nacional de Telecomunicações, Anatel, por meio do próprio endereço eletrônico da companhia, estão fornecendo os necessários instrumentos e ferramentas para munir os usuários, no sentido de que os mesmos estejam em condições de verificar exatamente em que situação se encontra os seus aparelhos smartphones. É imprescindível alertar que os celulares que operam com dois chips também estão aparelhados com dois códigos de IMEI, devido ao padrão adotado em determinados aparelhos, portanto, é preciso manter ambos os códigos anotados e regularmente checados.

Assim, nossa equipe decidiu elaborar um simples, porém essencial tutorial, explicando todos os passos no procedimento de verificação de telefones celulares, ou seja, se os mesmos estão bloqueados. Segue o esquema:

Primeiro: buscar descobrir qual o código de IMEI do próprio aparelho. São três modos de se realizar este procedimento de segurança: verificar, na caixa do telefone, ou um adesivo fixado atrás da bateria, caso o mesmo seja removível. Ao identificar o código, digitar o seguinte símbolo: *#06# no discador do aparelho;

Segundo: depois de anotado o código de IMEI, o usuário precisa, com urgência, acessar a página eletrônica da Anatel, transmitindo as informações de seu IMEI, depois selecionar e clicar sobre o link: Consulte nesse sítio a situação de seu aparelho celular;




Terceiro: ainda no mesmo site, acessar o link: Consulta celular Legal, para que seja possível observar a presença de um indicador, o qual registra a última atualização, localizada no canto superior direito do site da Anatel. Em geral, o prazo determinado para realizar o bloqueio pode variar em seus períodos entre 12 e 24 horas, depois que a comunicação foi dirigida à operadora em questão;

Quarto: no mesmo site, acessando o campo indicado para o IMEI, o usuário deve digitar a numeração única e insubstituível do seu smartphone. Nesse link há um campo logo embaixo, e nele o usuário deve inserir os caracteres que compõe a imagem do código de confirmação. Ao final, é necessário acionar o link: consultar;

Quinto e último passo: o usuário só precisará verificar o resultado abaixo, que foi informado pelo site, o qual disponibilizará o código de IMEI, e se o mesmo já possui algum tipo de restrição para uso;

É muito importante informar que o serviço prestado pela Anatel dispõe, somente da notícia da situação do celular, ou seja, se o IMEI estará liberado ou não. Entretanto, na atualidade, dado o vertiginoso aumento do crime de clonagem de códigos, existem enormes possibilidades de um determinado aparelho celular roubado estar em pleno uso de terceiros, por conta de utilização da numeração copiada de outro celular. Em casos assim, o usuário deve consultar, com urgência o site: IMEI24.com, o qual realiza checagem de numeração e visualiza o devido modelo original registrado atualmente, bastando que o proprietário do aparelho confirme se o mesmo está em conformidade com o celular que possui.

Paulo Henrique dos Santos






Postar Comentário