WhatsApp para iPhone poderá ter Anúncios




Aplicativo deverá realizar as mudanças para ter retorno financeiro.

Há anos os usuários do WhatsApp utilizam o aplicativo sem nenhum problema e principalmente, sem ter que conviver com os indesejáveis anúncios. Esse APP é um dos mais usados em todo o mundo, porém, desde que o Facebook o adquiriu, vem estudando uma forma de conseguir um retorno financeiro, mas não tinha encontrado uma solução ainda. Porém, uma decisão da empresa mudará este cenário em breve, pois o WhatsApp começará a exibir anúncios.

Este aplicativo sempre foi muito elogiado justamente por conseguir sobreviver sem inserir anúncios, mas a empresa deixou claro que isso era passageiro, pois estavam estudando uma forma de obter retorno financeiro, sem prejudicar tanto o APP. De acordo com o 'WAbetaInfo', que sempre vaza informações precisas sobre o aplicativo, o WhatsApp vai sim, disponibilizar anúncios, começando pelas versões para o sistema operacional iOS, que roda no iPhone.


Ainda segundo o WAbetalInfo, nada mudará a curto prazo, pois o projeto é antigo e há vários detalhes a serem acertados, mas é um caminho sem volta, pois o APP precisa começar a dar retorno financeiro imediatamente. O WabetalInfo ainda fez uma postagem contando que os anúncios não aparecerão o tempo todo, somente depois de visualizar um determinado número de Status. Brian Acton, co-fundador do aplicativo, mas que deixou a empresa no ano passado, deu uma entrevista recente à Forbes e contou que Mark Zuckerberg, dono do Facebook e também proprietário do WhatsApp, está desde 2017 estudando como os anúncios serão implementados no WhatsApp Status, que é um recurso onde as postagens ficam por apenas 24 horas.

Importante lembrar que o grande problema entre os fundadores do aplicativo, foi justamente a forma como ele poderia ser monetizado. Acton e Jan Koum, não chegaram a um acordo e ambos deixaram a empresa, que foi comprada em 2014 pelo Facebook. Acton e Jan Koum detestam anúncios e sempre fizeram de tudo para manter o APP longe das propagandas, eles até já prometeram que jamais permitiriam isso, só que agora não estão mais no comando da empresa.

"Você pode continuar contando com um serviço sem qualquer tipo de propaganda interrompendo sua comunicação", disse a dupla quando ainda eram responsáveis pelo rumo do aplicativo. Agora é Zuckerberg que dá as cartas e para ele, a melhor forma de garantir lucro com o APP é através dos anúncios, assim como acontece no Instagram, também comprado pelo Facebook.


Para o usuário, nada muda por enquanto, até porque os anúncios não têm previsão de chegar ao WhatsApp, inclusive a empresa ainda nem confirmou a informação vazada, porém, ninguém mais duvida disso, pois todos sabem que este é o objetivo de Mark Zuckerberg e também pelo fato do WABetaInfo acertar quase todas as informações vazadas.

Foram US$ 22 bilhões pagos no WhatsApp há 4 anos e o Facebook não fez isso para agradar os usuários, a empresa quer este dinheiro de volta e muito mais, sendo que os anúncios são a melhor forma de atingir este objetivo. Mas esta não é a única forma de gerar renda, inclusive há outros projetos sendo analisados pela empresa, por exemplo, a divulgação de notícias verificadas. Outro projeto que vem sendo analisado são transações comerciais feitas através do APP, mas isso seria a longo prazo.

O WhatsApp é utilizado por profissionais autônomos e empresas de pequeno, médio e grande porte, todos encontraram no aplicativo uma forma de facilitar a comunicação e a troca de arquivos, gerando maior renda. O APP serve para comunicação, divulgação de produtos, imóveis, atendimento ao cliente, entre outras formas de gerar renda para os usuários, porém, o Facebook ainda continua sem ficar com uma fatia de todo esse dinheiro movimentado diariamente. O usuário pode ir se preparando porque querendo ou não terá que conviver com os anúncios no WhatsApp.

Por Russel





Postar Comentário