Xiaomi Mi Mix 2S 2018 – Análise do Celular




Confira aqui os prós e contras do Xiaomi Mi MIX 2S.

Todo lançamento de um novo modelo de smartphone é um evento de grande interesse público.

Assim, o Mi Mix 2S estreia sendo uma versão turbinada do anterior Mix 2, que saiu no final de 2017. Em seu interior ele está munido de um chipset bem mais potente, produzindo melhor desempenho. No exterior foi acrescentada uma câmera secundária, na parte traseira. Entretanto, há, ainda, outros atributos especiais.


O modelo Mi Mix 2S está bem mais recheado do que parece. Na parte interna há, ainda, um tipo de carregador de parede; um cabo USB em padrão C; uma chavinha para a gaveta do cartão SIM; no exterior, está suplementado por uma capinha de plástico que protege o aparelho e mais um adaptador para P2.

Este Mix 2S é o primeiro smartphone cuja traseira é toda produzida em cerâmica, incluindo o suporte tecnológico de carregamento sem necessidade de fio. Esta tecnologia é realmente útil e assombrosa.

A mesma traseira de cerâmica tem uma elegância que faz aumentar o interesse pelo Mi Mix 2S, sobretudo a versão disponível em cor branca. A peça é estruturada em formato único, produzida em alumínio de alta qualidade, ao passo que o vidro frontal está munido de proteção Gorilla Glass 4.


Com relação à sua lateral de metal, trata-se de um acabamento fosco, proporcionando um belo contraste com a sua traseira reluzente de cerâmica. A parte superior do Mix 2S está munida de um par de entalhes da antena, e mais um microfone para cancelamento de ruídos. São dois botões de comando instalados apenas na lateral direita do aparelho: o controle de volume e a tecla de energia. São duas pequenas peças produzidas com o mesmo metal da lateral desse smartphone.

Este smartphone está munido do mesmo display instalado no Mix 2, entretanto, a companhia Xiaomi a rebatizou de: Full screen display 2.0. Esse título tem por objetivo fazer o consumidor acreditar que está diante de uma versão mais evoluída, embora, se trate somente da reutilização da tecnologia IPS LCD, presente no aparelho anterior e no formato 18:9.

Outras espeficicações são:

A presença do dispositivo chipset Snapdragon 845, neste caso, o mais potente, proporcionado pela Qualcomm do momento, que garante um alto desempenho, embora, de acordo com testes de velocidade, realizados por especialistas, o Mix 2S apresente desempenho com alguns segundos mais lentos que a versão Mix 2.

Este mesmo modelo conta com até 6 GB de Memória RAM, que possui capacidade de manter os Apps operantes, garantindo maior aceleração, com muita interação no smartphone. É muito provável que a empresa, com o passar do tempo, proporcione otimização em seus novos sistemas, no sentido de garantir que o modelo Mix 2S entregue bom desempenho no Snapdragon 845.

Outros atributos são:

A presença de uma câmera principal, munida de um sensor tipo Sony IMX363, quase inédito, portando 1,4 Mícron em pixels, e aparelhada de uma abertura em f/1.8 para estabilização na função óptica; equipada com um sensor secundário da Samsung, tipo S5K3M3, que proporciona mais Pixels menores em 1 mícron e com abertura em f/2.4.

Outras especificações são:

Presença da função de inteligência artificial incorporada ao dispositvo de software na câmera, a qual estreou primeiramente no modelo Redmi Note 5. Este dispositivo de câmera tem potencia de detectar cerca de 206 cenas em um padrão de 25 categorias e opera por meio de IA, registrando retratos e o embelezamento. Portanto, ele está munido de câmeras de 12 MP com ajuste de foco automático dual pixel.

Paulo Henrique dos Santos





Postar Comentário