Samsung Galaxy S10, S10+ e S10E 2019 – Novidades




Primeiras imagens do novo smartphone da Samsung.

O final de semana pode ter sido de muita diversão para a maioria das pessoas, mas marcou também o vazamento de novos detalhes do Galaxy S10, S10e (versão de baixo custo) e o S10 Plus. Os novos lançamentos topos de linha da Samsung devem agitar o mercado no primeiro trimestre deste ano.

Evan Blass, um dos especialistas quando o assunto é vazamento de tecnologia. As rendenizações das imagens em alta definição apresentam algumas novidades quanto as informações que já haviam vazadas anteriormente.


A parte frontal recebeu um grande aproveitamento de tela, com menos bordas e mais tela, deixando o aparelho ainda mais elegante. O consumo de arquivos multimídia, por exemplo, deve ser ainda melhor pelo usuário. Com isto, o Android modificado pela Samsung deve receber otimizações.

Destaca-se ainda na parte frontal a mudança do “notch”. O pequeno recorte agora acompanha a câmera, sendo bem menor se comparado aos outros aparelhos da mesma categoria. Este é o primeiro aparelho da empresa no seguimento de alto desempenho e preço a chegar com o incomodo recorte.

Enquanto a versão mais barata do S10 chegará apenas com uma câmera frontal, os modelos mais caros serão contemplados com duas lentes. Já na parte traseira, o modelo mais básico receberá apenas dois sensores na parte traseira com o flash. Já os modelos mais caros abrigarão três câmeras na parte traseira.


Cores

As cores apresentadas no vazamento também se diferem levemente da atual. Destacam-se as tonalidades mais escuras como o preto. Para quem prefere as tonalidades mais claras, se os vazamentos se confirmarem, teremos a disposição o verde e o branco.

Data de lançamento

A Samsung confirmou o lançamento para o dia 20 de fevereiro, algo que já é tradicional. Isto porque o Galaxy S é apresentado nos últimos anos nesta época.

Porém, outro rumor nos traz que, na primeira leva de países, o Galaxy S10 estará disponível no dia 29 de março, ou seja, um mês após seu lançamento. Muitos levantam a possibilidade da versão mais parruda levar um tempo maior a ser produzido.

Esta tática foi usada pela Apple, mas de forma diferente. Em 2017, a versão de comemoração demorou mais tempo para chegar às lojas, devido à complexidade da produção. No Brasil, por exemplo, o modelo só chegou em dezembro, próximo as festas de final de ano, época preferida para a venda dos smartphones.

Rumores diversos

Um dos rumores mais comentados é adição do suporte à redes móveis 5G. Com as grandes potências testando esta nova conectividade, era de se esperar que o dispositivo mais caro da família Galaxy apresentasse suporte para o novo padrão que promete revolucionar a forma como nos conectamos.

As fontes que trazem estes novos rumores apostam na adição de três câmeras traseiras na versão mais parruda, acompanhado de 10 GB de memória RAM, 1 TB de armazenamento e uma bateria monstruosa. O processador que vem por aqui é um Exynos, de fabricação da própria Samsung, batendo de frente com os processadores mais rápidos de outras fabricantes.

Já outra fonte de rumores aposta que a câmera tripla da versão mais parruda contará com recursos já apresentados no iPhone, como uma lente dedicada à fotografias noturnas e o modo retrato mais elaborado, algo que se tornou popular no iPhone e já está na linha Galaxy há algum tempo.

Outro recurso esperado é o leitor de digitais sobre a tela. Alguns poucos modelos chineses já trouxeram este feature, isto é, recurso, mas de forma bastante tímida e ainda prematura. O que a Samsung deseja fazer neste caso é tornar esta tecnologia madura o suficiente para ser produzida, se tornando tendência nos celulares em 2019. O Galaxy S10 poderá ser o primeiro a trazer este sem parecer algo improvisado ou que ainda não está maduro.

Na parte frontal, os rumores também apontam a adição de duas câmeras frontais. Com a adição desta segunda lente, os modos retratos poderão ter um ar de naturalidade, já que alguns intermediários da própria Samsung já possuem o modo retrato na parte frontal.

Por Leandrinho de Souza





Postar Comentário