Memória RAM – O Que é? Para Que Serve?





Saiba aqui o que é e para que serve a Memória RAM de equipamentos eletrônicos.

A memória RAM é um dispositivo de hardware utilizado para guardar temporariamente os dados que estão sendo utilizados por um celular, tablet ou computador. Na nossa língua ela pode ser chamada também de Memória de Acesso Aleatório, sendo que a sigla RAM provém do mesmo nome em inglês, “Random Access Memory”.

Esse tipo de memória tem o objetivo de atuar em conjunto com um processador, permitindo que informações sejam lidas e transformadas por ele muito mais rapidamente do que se o processo fosse feito diretamente com o HD. Dessa forma, quanto maior a capacidade de uma memória RAM, maior é a capacidade do sistema de enviar dados para serem transformados no processador.




Ao abrir um jogo ou aplicativo com um maior número de recursos, você já deve ter se deparado com uma tela de carregamento. É exatamente nesse momento que o dispositivo está transferindo os arquivos que você precisará utilizar do HD, que é uma memória mais lenta e permanente, para a memória RAM, que é mais rápida e volátil. Com isso, você poderá trabalhar ou se divertir sem se preocupar com a grande quantidade de arquivos sendo movida e transformada durante todo o tempo.

Memória dos smartphones

Todos os aplicativos e processos abertos, mesmo aqueles em segundo plano (incluindo o próprio sistema), ocupam um espaço na memória RAM. Quando o aplicativo é fechado ou o aparelho desligado, tudo que estava armazenado nela é apagado. Entretanto, desde que você não desligue o aparelho bruscamente (como ao remover a bateria) ou feche sem cuidado um aplicativo, o sistema preserva seus dados salvando eles no HD.


É por isso que o armazenamento interno de um smatphone é sempre maior que a sua memória RAM. Enquanto o armazenamento pode ter a capacidade de guardar 32GB, 64GB ou 128GB, a memória RAM geralmente guarda 4GB, 6GB ou 8GB.

Porém, mesmo que uma RAM maior permita que mais aplicativos sejam abertos ao mesmo tempo e que eles funcionem de maneira mais fluída, não é ela a responsável por todo o desempenho do aparelho. A capacidade de funcionamento pode ser limitada por outros fatores. Se o processador não é tão bom ou se a forma com que essa memória é gerenciada não é muito eficiente, será criado um “gargalo” que impedirá que mais memória aumente o desempenho.

Por conta disso, ao analisar as especificações de um jogo, por exemplo, é sempre bom ter em mente que memória não é tudo. Mesmo um jogo que precisa de 4GB de RAM pode apresentar travamentos em um aparelho com 6GB caso o processador não suporte executar todas as animações ao mesmo tempo.

Como aproveitar ao máximo a RAM

Para conseguir usufruir de toda a capacidade de RAM que o seu smartphone pode oferecer, existem alternativas que podem ajudar: A primeira delas é liberar memória RAM desativando aplicativos desnecessários por meio das configurações do smartphone. O espaço liberado poderá ser usado por outros processos.

Outra alternativa é usar um aplicativo que realize a limpeza da RAM. Eles são inúmeros e podem ser facilmente encontrados na loja de aplicativos. A função deles é a de finalizar processos não usados e apagar arquivos inúteis da memória.

Gerenciar a memória em uso

Para saber a quantidade de memória RAM que está sendo usada no momento pelos aplicativos abertos, os usuários do sistema Android devem acessar as configurações. Em seguida, basta clicar na opção aplicativos e selecionar a guia “ativos” (ou “em execução”).

Lá você poderá encontrar a quantidade de memória que está sendo utilizada pelo sistema, aquela que está sendo usada por aplicativos e a que você ainda tem livre. Na tela também será possível encontrar qual a quantidade de memória sendo utilizada por cada aplicativo individualmente.

Bruno Esteves





Postar Comentário