Samsung Galaxy S9 x Galaxy S10 – Comparativo e Diferenças





Confira aqui o que muda entre o Galaxy S9 e o Galaxy S10.

Um ano depois de lançar o Galaxy S9, a Samsung traz ao mercado sua versão mais avançada, o modelo S10. A novidade já era aguardada e várias informações sobre suas configurações já foram divulgadas anteriormente.

Mas… O que tanto mudou do modelo 2018 para a versão 2019? Confira:




Ficha técnica de cada modelo

Galaxy S9

Lançado em fevereiro de 2018, o Galaxy S9 possui tela de 5,9 polegadas, processador Snapdragon 845, 4 GB de memória RAM, 64 GB a 256 GB de espaço interno, câmera traseira única de 12 MP, câmera frontal de 8 MP, software Android Oreo (8.0) e bateria de 3.000 mAh.


Foi lançado nos Estados Unidos pelo valor de US$ 720 e chegou ao Brasil custando R$ 4.299. Hoje pode ser encontrado em valores bem mais em conta, por até R$ 2.600.

Galaxy S10

O modelo S10 chegou ontem, dia 20, ao mercado americano. Possui tela de 6,1 polegadas, processador Exynos 9820, 8 GB de memória RAM, 128 GB ou 512 GB de espaço interno, câmera traseira tripla, duas com 12 MP e uma com 16 MP, câmera frontal com 10 MP, software Android Pie (9.0) e bateria de 3.400 mAh.

Nos EUA, seu preço de lançamento foi de US$ 899,99, US$ 179,99 a mais em relação ao valor que seu antecessor chegou às lojas. No Brasil ainda não foi definido o preço de lançamento, mas acredita-se que, devido ao aumento em dólares, chegará com valor mais alto do que o S9.

O que o S10 tem que o S9 não tinha

Algumas das novidades do Galaxy S10 foram fáceis de serem percebidas, como a mudança nas câmeras e no processador:

Processador Exynos

O Exynos é um processador construído pela própria Samsung, com o intuito de melhorar o desempenho de seus aparelhos. Anteriormente, era vendido apenas nos smartphones dos Estados Unidos, porém, Brasil e outros países não receberão o Snapdragon 855 e vão experimentar o Exynos 9820.

A Samsung afirma que a melhoria é observada no processamento gráfico e no consumo de bateria. Essa comparação foi feita com os modelos S9 que possuem a versão anterior do Exynos e a marca ainda não apresentou nenhum comparativo com os aparelhos que usavam o Snapdragon, como é o caso da versão brasileira do Galaxy S9.

Mais memória RAM e espaço interno

O S10 vem com o dobro de memória RAM que seu antecessor, enquanto que o espaço interno chegou a quadruplicar, indo de 128 GB a 512 GB.

E se você quiser expandir a memória do aparelho, também vai observar melhorias. No S9, o cartão micro SD poderia ter no máximo 400 GB, no S10 é possível usar micro SD de até 512 GB. Ou seja, dá para ter até 1 TB de espaço para armazenar arquivos se somar o armazenamento interno e o do cartão micro SD.

Quatro câmeras

Na versão 2018 do Galaxy, existiam apenas duas câmeras no aparelho, uma traseira e uma frontal.

Para o S10 a Samsung decidiu inovar e apresentou um aparelho com três câmeras traseiras, uma de 12 MP com lente grande angular, uma segunda também com 12 MP com lente teleobjetiva e a terceira câmera, com 16 MP, com lente super wide. Cada câmera traseira tem uma função diferente.

Já a câmera frontal ganhou mais megapixels, passando de 8 MP (no S9) para 10 MP.

Capacidade da bateria

Houve um aumento na capacidade da bateria. Pequeno, se comparado com o S9, que tinha 3.000 mAh. O S10 tem 3.400 mAh, para dar conta de todas as suas funções. A Samsung acredita que o aparelho será econômico e que a bateria durará mais tempo, devido as melhorias do processador.

A recarga sem fio já era encontrada no modelo anterior, mas o S10 terá também a capacidade de fazer recarga sem fio reversa, ou seja, ele pode recarregar outros aparelhos através da tecnologia sem fio, emprestando parte de sua carga.

Deu para perceber que o S10 está bem mais avançado que seu antecessor. Agora resta esperar o lançamento no mercado brasileiro.

Stephanie Caroline Meyer de Quadros





Postar Comentário