Motorola deve lançar Novo Smartphone Dobrável parecido com V3





Novo aparelho deverá ser lançado nos próximos meses.

Na medida em que o tempo passa, os aparelhos celulares estão tornando-se mais e mais aperfeiçoados, munidos de tecnologias mais eficientes e menos materiais, algo bastante assombroso dado a grande quantidade de funções existentes em um aparelho com peças minúsculas, capazes de armazenar uma infinidade de dados, algo quase abstrato, permitindo a conexão com o mundo todo, por meio de um dispositivo retangular, com milímetros de grossura.

Diante dessa tecnologia que evolui a cada dia, o que pensar de um Smartphone dobrável?

Recentemente uma das mais famosas companhias, no segmento de eletrônicos, fez divulgar essa sensação. A corporação Motorola Inc. tornou-se uma das maiores empresas no ramo de telecomunicações multinacional, de origem americana. Atuante até 2011, com uma trajetória desde a década de 20, a sua reorganização consistiu em uma estruturação a partir da separação da Motorola Mobility desta empresa. Hoje ela é uma das maiores produtores de smartphones e tablets.




Assim, todas as principais produtoras de smartphones abriram novos projetos, de modo a investir realmente fundo em novos dispositivos, neste caso, os impressionantes celulares dobráveis. Levantando orçamento e projetando sobre a mesma esteira da Samsung, a companhia Motorola iniciou um novo e intenso projeto para a elaboração, produção e lançamento de um smartphone de tipo dobrável, para os próximos meses.

Essa novidade certamente vai atrair muitos consumidores, inclusive clientes das concorrentes.


Recentemente o próprio vice-presidente da corporação Motorola fez revelar, por meio do site da empresa, que a fabricante, por meio de seus gestores, não está disposta e nem tem intenção de chegar bem mais tarde do que todas as outras empresas do planeta no mercado. Assim, todos os clientes, os consumidores em geral, estão certos de concluir que um lançamento nesse naipe está bem próximo. Afinal, perder mercado hoje pode ser fatal para qualquer multinacional.

Ao longo de uma entrevista, o mesmo vice-presidente afirmou que os engenheiros da companhia iniciaram há algum tempo o projeto de criação de celulares dobráveis, portanto, a ideia e a elaboração do aparelho já estavam circulando na companhia antes mesmo de os especialistas deduzirem tal fato.

Acrescenta-se a essa situação o fato de a Motorola estar preparando uma boa resposta ao modelo Mate 20, produzido pela empresa Huawei, sendo que a companhia americana está fazendo testar um novo dispositivo munido de OLED e vazado em plástico. Surpreendente.

O mesmo vice-presidente da empresa afirmou que quando o usuário toca, mesmo que levemente com as extremidades das unhas, a tela é arranhada e desgasta-se muito fácil, tendo, por conseguinte, uma curta vida útil, a qual começa a se degradar a partir do momento em que é retirada da embalagem. Por isso a necessidade de uma tela mais resistente.

Deste modo, os gestores e os engenheiros da companhia Motorola demonstram estarem bastante preocupados em poder lançar um produto mais eficiente e de maior qualidade. Segundo os líderes da empresa, essa busca intensa por oferecer um produto qualitativamente melhor, precede a questão em manter-se na liderança do mercado, apresentando quase todo mês novidades pouco consistentes para o mundo dos consumidores. Esta conclusão nos leva a crer que a Motorola sabe, realmente, respeitar seus clientes.

Para fazer lembrar um dado histórico, ano passado, 2018, houve a abertura de uma nova patente para a produção de um smartphone dobrável na Motorola, sendo uma notícia divulgada online. Naquele caso, tratou-se de um tipo de patente que fez recordar, pela similaridade, o já lendário modelo V3, pertencente à linha RAZR, que foi um grande sucesso a partir dos anos 2000.

Paulo Henrique dos Santos





Postar Comentário