Moto G6 ganha Nova Atualização para Android 9





Modelo recebe novo sistema operacional com melhorias.

Os usuários brasileiros que possuem um Moto G6 já podem comemorar: o modelo intermediário do ano passado está recebendo o Android 9.0 no país. A expectativa era de que o aparelho recebesse ao menos uma grande atualização e a tradição da Motorola em atualizar seus dispositivos aconteceram.

A partir de agora, os usuários que atualizarem seus dispositivos perceberão algumas mudanças: o sistema deve estar mais otimizado como sempre, com melhorias em seus bastidores para a autonomia de carga, além de melhorias no visual do sistema, cada vez mais forte pela presença da interface Material Design, já padrão no Android desde a versão 5.0.




O recurso mais comentado desde o lançamento do Android 9 no ano passado é um espaço onde apresenta em detalhes o uso em aplicativos. O recurso é parecido com aquele presente no iOS onde o sistema mostra quanto o usuário gastou em aplicativos multimídia, comunicadores instantâneos, entre outros.

Motorola havia confirmado atualização

A Motorola ainda no ano passado confirmou os aparelhos que receberiam o update. Entre eles estava o G6, modelo que é intermediário, mas nem assim deixou de receber a novidade.


A Motorola aproveitou o sistema e colocou algumas melhorias. Apesar de manter o Android o mais limpo possível, algumas modificações são realizadas: um aplicativo centralizando as ações estão disponíveis desde o primeiro Moto X lançado em 2013. Para esta versão melhorias no modo não perturbe, além de novidades nos gestos do sistema, são os destaques das modificações preparadas pela fabricante.

Motorola MOTO G6

O Motorola Moto G6 foi anunciado ainda no ano passado como a proposta da Motorola para a linha G de 2018. O celular intermediário ganhou novidades interessantes, além de um visual parecido com o Moto X4, outro intermediário com duas câmeras lançado pela Motorola antes do G6.

A versão intermediária da linha G6 leva um processador octacore em suas entranhas. Um Snapdragon 450 com oito núcleos, girando a 1,8 GHz, deve garantir um bom desempenho nas tarefas mais básicas realizadas pelo usuário. Este o melhor chip da linha 4 da Qualcomm, focadas em celulares de baixo custo com desempenho equilibrado.

Para acompanhar o processador, 3GB de memória RAM estão presentes no modelo brasileiro. Pode parecer um número tímido, mas é o suficiente para que os aplicativos se mantenham abertos sem a necessidade de recarregar novamente. Esta memória também ajuda no multitarefa causando menos gargalos para o processador.

O armazenamento interno escolhido para o intermediário do ano passado foi 32 GB. Este espaço que também é compartilhado com o sistema operacional e os aplicativos instalados de fábrica podem ser expandidos através de cartões de memória, com slot dedicado e capacidade de até 256 GB.

Uma novidade interessante trazida no modelo do ano passado é o padrão de telas mais esticadas, aproveitando a parte frontal, diminuindo as bordas e esticando a tela. Na parte de cima espaço para câmera frontal e sensores e abaixo o nome da Motorola com o botão home que também é um sensor de digitais.

Pela primeira vez, a linha G recebeu também a câmera dupla e a possibilidade de realizar-se o efeito de profundidade. A traseira possui dois sensores: o principal com 12 MP e o secundário com 5mp preparado especialmente para o modo retrato. A Motorola ainda colocou alguns modos de fotografia em seu app. Na parte frontal, a câmera de 8MP está preparada para o registro de selfies. O sensor traseiro tem suporte para filmagem em até 4K.

Suportando esse painel de 5,7 polegadas com resolução FULL HD, uma bateria com capacidade de 3000 mAH deve possibilitar ao Moto G ficar um dia todo fora da tomada se o usuário usar o aparelho para tarefas leves como olhar as mensagens recebidas, enviar algumas via comunicadores e escutar algumas músicas.

Preço

O Moto G6 pode ser encontrado em promoções esporádicas nos grandes varejistas por preços abaixo de 1.000 reais.

Por Leandrinho de Souza





Postar Comentário