Fim da Sony Mobile no Brasil





Empresa dá primeiros sinais de que pode deixar o país.

Quase inexistente no mercado de celulares, a Sony Mobile nunca foi a preferida dos consumidores na decisão de trocar de smartphone ou na aquisição de um novo. A sua presença quase tímida no mercado nacional e a fraca distribuição nunca conseguiu firmar a marca pelos consumidores brasileiros.

Antes elogiada pelos bons celulares, hoje a empresa foca em um nicho de celulares intermediários Premium e topos de linha que muitas vezes não eram encontrados em solo nacional. Esta falta de opções e o pouco catálogo de produtos mostram que a Sony Mobile não se interessa pelo mercado nacional e de acordo com conversas de bastidores, pretende abandonar um dos maiores mercados consumidores que é o Brasil.




O questionamento da falta de produtos em sua loja online gerou tamanha discussão que obrigou a assessoria da empresa a emitir nota. O texto foi reproduzido pelo site Mobi Zoo, e você confere abaixo:

“A Sony Mobile Brasil informa que, por questões estratégicas, optou por centralizar na Sony Store (https://store.sony.com.br/celulares) os produtos da marca que estão à venda no Brasil. O Sony Xperia XZ2 Compact é o principal produto da Sony Mobile no e-commerce nacional. Xperia 1, Xperia L3, Xperia 10 e Xperia 10 Plus ainda não têm previsão de comercialização no Brasil”.


O questionamento foi realizado pelo site acima para a Sony Mobile pela falta de certificação de alguns lançamentos no mercado internacional. Os novos topos de linha lançados e que poderiam alcançar um bom público foram simplesmente descartados para os brasileiros.

Os internautas e consumidores estão suspeitando do fim das operações no Brasil pela falta de conteúdo em suas mídias sociais. Para se ter uma ideia, a última publicação em sua página oficial no Facebook foi há sete meses. Naquela oportunidade, a empresa destacou uma promoção em sua loja com descontos generosos e uma foto de um celular capturando um pássaro em movimento para exaltar suas fotografias. No Twitter, o mês de setembro também foi a última publicação, dedicada aos descontos para celebrar o dia do cliente.

Nenhuma publicação de ano novo, de boas festas ou das vendas de final de ano foram mencionadas.

O cheiro de ausência no mercado vai ficando mais forte, quando o site da empresa virou uma página de suporte para produtos. Se você acessar o site: https://www.sonymobile.com/br/ e verificar, assim como eu fiz, vai encontrar em destaque no centro do website, a confirmação que esta é uma página de suporte. Descendo o rodapé, nenhum sinal de venda dos produtos está à disposição: se encontra apenas o suporte ao produto, contatar o fórum, o fórum de suporte e outras informações de relevância como a história da empresa, entre outros.

Um indício recente que pode confirmar a saída do setor mobile da Sony no país é o seu encerramento com fornecedores. A falta de fornecedores significa basicamente que a empresa deixará de montar seus celulares aqui no país. Ou a empresa importará os futuros aparelhos ou simplesmente deixará as terras brasileiras.

Por falar em importação, outro sinal que é emitido pela fabricante é a ausência de seus lançamentos aqui em terras brasileiras. Nenhum dos novos celulares, sejam eles intermediários ou topos de linha, devem chegar ao país. A falta de homologação de novos produtos por parte da Anatel se deve ao não recebimento dos celulares para o processo de autorização da agência reguladora para venda no Brasil.

Segundo portais de informação nacionais, lojas e operadoras já não devem receber mais celulares. Pude constar em algumas varejistas físicas no sul do país e não há nenhum modelo a ser divulgado, tampouco nos encartes de venda, tampouco nos estoques. O pouco que está disponível em outras lojas deve ser vendido, sendo que as operadoras também esperam os celulares da japonesa.

Não há nenhum anúncio oficial de desligamento das atividades mobiles da Sony, mas ela segue o mesmo caminho do fim da Xiaomi.

Por Leandrinho de Souza





Postar Comentário