Vivo Y3 – Ficha Técnica do Novo Smartphone





Conheça aqui os prós e contras do novo smartphone Vivo Y3.

A Década de 2010 foi palco do aumento desenfreado da concorrência entre as fabricantes de smartphone no mundo inteiro. As duas maiores, Samsung e Apple, estão sempre na concorrência acirrada para mostrar quem é a melhor, desde os telefones mais simples até os mais caros. Outras marcas não ficam muito para trás nessa corrida. Bons exemplos são a LG e a Sony, cujos telefones estão sempre tendo inovações para não ficar para trás na corrida.

No quesito de aparelhos de baixo custo, a Apple não entra nessa corrida, pois seu foco é totalmente em telefones top de linha, o famoso iPhone. Já a Samsung tem um cardápio bem maior de telefones, tendo opções para todos os gostos, bolsos e exigências.




Não podemos esquecer das fabricantes chinesas (um das quais é a Vivo, que estamos falando nesta matéria). Huawei, Xiaomi e outras empresas estão desafiando os titãs dos smartphones (Samsung e Apple) tanto nos tops de linha quanto nos de preços mais acessíveis. Um belo exemplo é o smartphone que vamos mostrar aqui nesta matéria, que é da fabricante chinesa Vivo.

O desafio das fabricantes quando o assunto é smartphone de baixo custo é garantir uma boa qualidade sem ter que comprometer seu preço final.


O Vivo Y3

Não estamos falando da Vivo que é operadora de telefonia fixa e móvel no Brasil. Estamos falando da empresa chinesa fabricante de smartphones que tem o mesmo nome. A empresa foi fundada há 10 anos (2009) e começou sua expansão internacional há 5 anos (2014).

A fabricante chinesa está prestes a lançar uma nova opção de Smartphone intermediário que parece ter um bom custo-benefício: trata-se do Vivo Y3. Tivemos alguns detalhes desse smartphone revelados.

Especificações técnicas

De acordo com as informações que acabaram de ser reveladas, a tela do Vivo Y3 terá 6,35 polegadas (16 centímetros) de diagonal, com um “notch” (que é aquele entalhe na tela) no formato de gota de água. Esses “notchs” são os melhores encontrados agora no final da Década de 2010, já que a tela completamente infinita (sem entalhe) provavelmente vai ficar para a Década de 2020.

Processador

Seu processador promete dar conta das principais atividades de um usuário médio de smartphone; ele chama-se MediaTek Helio P35.

Armazenamento e Câmera

Um dos maiores “problemas” que as fabricantes enfrentam nos dias de hoje é referente ao espaço em smartphones de baixo preço. Com os aplicativos cada vez maiores, fica difícil viver tranquilamente com um smartphone de 32 GB.

Os 64 ou 128 GB de armazenamento interno do Vivo Y3 virão junto com três câmeras: uma de 13 MP, outra de 8 MP (a câmera de selfie) e a terceira de 2 MP. Outra tendência muito forte na segunda metade da Década de 2010 foi a proliferação de múltiplas câmeras nos smartphones.

Bateria

Nos dias de hoje os smartphones têm cada vez mais recursos, exigindo mais das baterias. Isso fica muito claro quando saímos para trabalhar às 07:00 com a bateria em 100% de carga e na hora do almoço estamos com 60%.

Hoje o mercado de smartphones está dando atenção a esse “problema” e está propondo soluções até mesmo entre smartphones de preços acessíveis. O Vivo Y3 é um ótimo exemplo disso.

Para manter todas as funcionalidades por uma relativa longa duração, o smartphone vai trazer uma bateria poderosa: trata-se de 5.000 mAh.

O Android já vem atualizado: Android 9.0 Pie.

Data de Lançamento e Preço

Infelizmente ainda não há a informação sobre a data de lançamento, mas já sabemos que ele pode custar em torno de 205 dólares (R$ 809). É um excelente preço para quem está com menos de R$ 1.000 no bolso e quer comprar um smartphone. Ainda sobra dinheiro para ver um filme no cinema com o Vivo Y3 no bolso.

Por Bruno Rafael da Silva





Postar Comentário