Lenovo Z6 Youth Edition – Ficha Técnica e Preço





Modelo chega com câmera tripla e processador Snapdragon 710.

A chinesa Lenovo apresentou nos últimos dias o Lenovo Z6 Youth Edition, seu modelo para o mercado de celulares intermediários e que utiliza a nova geração de processadores para smartphones premium nesta categoria: trata-se do Snapdragon 710, principal destaque deste aparelho.

O Z6 é um intermediário com construção em alumínio. São 164 gramas com 8 milímetros de espessura. Nas suas entranhas, um aparelho intermediário com configurações bastante interessantes. Encontramos o novíssimo Snapdragon 710 ao qual é uma aposta da Lenovo para bater de frente com seus concorrentes. São oito núcleos de processamento, sendo dois deles girando a 2,2 GHz e outros seis nivelando a 1,7 GHz.




Graças ao processador, o celular pode se beneficiar dos recursos de inteligência artificial que antes era encontrado apenas nas gerações mais potentes da linha Snapdragon. A promessa é de um melhor gerenciamento de energia e uma otimização de até 40 por cento a mais em todo o conjunto. Para acompanhar, a Lenovo decidiu inserir 4GB de memória RAM. Os testes de Benchmark mostram que o Z6 pontuou 137.500 pontos no Antutu, um desempenho interessante para esta faixa de desempenho.

Para os aficionados por espaço interno, a Lenovo colocou 64 GB de armazenamento, sendo possível estender caso haja necessidade para capacidades maiores através de um cartão de memória. Como o espaço interno é compartilhado com o sistema operacional e seus aplicativos, sobrará entre 57 a 63 GB para o uso. Para se ter uma ideia, podem ser carregados na memória interna 11.636 músicas, registradas 25.600 fotos ou transferidos 914 vídeos.


Outro dstaque do Z6 Youth Edition é a sua câmera tripla. O sensor principal tem resolução de 16MP e abertura f/1.8. Já a câmera secundária tem resolução de 8MP e abertura f/2.4 e a terceira lente tem resolução de 5MP com abertura f/2.2 com lente grande angular. O usuário poderá encontrar modos de fotografia como a autofocagem, disparo continuo ou rápido, composição de exposição, fotos panorâmicas, além de poder ajustar o ISO da câmera e o ajuste de balanço de branco, entre outros. Já a câmera de selfie possui 16MP com abertura f/2.0.

A tela ocupa 83 por cento de toda a parte frontal, sendo um painel com 6,3 polegadas e resolução 1080×2340 ou mais conhecido como Full HD Plus e densidade de 409 pixels com a tecnologia IPS LCD, o que garante um bom angulo de visão sem perder a distorção. A tela é curvada com tecnologia HDR e LTPS com o tradicional recorte na parte superior.

Lentes e processamento se unem ao som para diferenciar o celular. A Lenovo apostou no sistema Dolby Atmos para trazer uma qualidade melhor. É esperado que tenhamos uma reprodução mais fiel do áudio, com sons mais cristalinos, graves e agudos com destaque.

Compatibilidade com o Brasil

Analisando as capacidades de conectividade móvel, o aparelho deve usufruir de todas as bandas de conectividade das redes 2G e 3G de internet e voz móvel. No 4G ele terá apenas as bandas 3 e banda 7, que já são comuns aqui no país. A banda 28, que utiliza as antigas frequências da TV analógica, não funciona em nosso país. Duas das cinco operadoras utilizam apenas as duas bandas que o celular fornece.

Preço e disponibilidade

O celular anunciado neste mês de maio ainda não possui preços revelados, tampouco data de lançamento. É o sucessor direto do Z5 Lite e chega nas cores preta e verde. A primeira parece mais básica e destinada para quem busca um visual mais discreto, com destaque para o nome da Lenovo em prata. Já a cor verde parece destinada para quem busca um visual mais bonito, já que ela adota um estilo em degradê. Nesta cor, o aro do sensor de digitais é em dourado, mesma cor em volta das câmeras traseiras.

Por Leandrinho de Souza



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *