Mi Band 3 x Galaxy Fit – Comparativo, Diferenças, Preços, Qual é Melhor?





Confira aqui um comparativo e descubra qual smartwatch é melhor.

A grande companhia de eletrônicos sul coreana está estreando mais uma novidade no mercado internacional. Trata-se da Linha Galaxy, que consiste em uma linha de smartphones munida de atualização no sistema Android, produzidos pela mesma companhia Samsung. Esta série de produtos abrange os modelos básicos, os intermediários e os mais avançados. Os preços variam.

Deste modo, dentro dos novos projetos que a companhia está lançando, está o dispositivo intitulado Galaxy Fit, que consiste em uma nova pulseira tipo fitness. Parece estranho, mas é fato.




Este Wearable está aportando no comércio brasileiro, neste mesmo mês junho, disponível pelo valor de 699 reais, e vai competir, de modo direto, com o dispositivo Mi Band 3, de sua grande concorrente, a Xiaomi, à venda em todo o Brasil pelo valor de 199 reais.

Estes dois aparelhos (ou dispositivos), estão munidos de funções que operam de modo a monitorar todas as atividades físicas do corpo, que são registradas nesse aparelho. Entretanto, mesmo que se trate de aparelhos equivalentes, ambos estão munidos de atributos e especificações bastante diferentes entre si. Abaixo segue uma pequena relação de seus detalhes funcionais.


A sua tela e seus designs podem sem descritos deste modo:

Embora os dois aparelhos estejam vazados em design exterior bastante similar, apenas o modelo da Xiaomi, o Mi Band 3, está sendo produzido no formato de cápsula, que proporciona a melhor rotatividade das pulseiras, que estão disponíveis em várias cores. O dispositivo Galaxy Fit está sendo comercializado, por enquanto, somente em duas alternativas de cores: preta e branca.

Com relação às telas, o modelo Galaxy Fit foi elaborado e produzido de modo a ser muito mais atraente, munido de um painel todo colorido, cujas dimensões são de 0,95 polegadas. O dispositivo Mi Band 3 está munido de dimensões de 0,78 polegadas, suplementado de uma espécie de display tipo monocromático.

Sobre a bateria:

O aparelho Mi Band 3 consiste em uma alternativa que proporciona a maior autonomia, dado que a propaganda da Xiaomi sobre o dispositivo afirma a capacidade de 20 dias de durabilidade, no chamado modo repouso. No caso da bateria do Galaxy Fit, temos um aparelho que podem permanecer até 11 dias longe de qualquer tomada, embora dentro de um ritmo moderado. Para ser mais claro, as duas baterias são, respectivamente, de 110 mAh e de 120 mAh.

Com relação às funções e aos recursos adicionais, segue:

Estes dois aparelhos, portáteis, são dispositivos específicos para registrar e medir, monitorar de modo preciso todas as atividades físicas, desde a qualidade do sono da pessoa; a medição dos batimentos cardíacos, chegando até à quantidade dos passos que são dados.

Para suplementar todo este aparato que registra e monitora as atividades fitness, as duas super pulseiras estão munidas, também, de uma linguagem que registra e apresenta, na tela, todas as necessárias notificações, em mensagens curtas e todas as chamadas que são recebidas.

Outro aparato técnico de grande vantagem é a sua capacidade de resistência à água, que as duas pulseiras, a Mi Band 3 e a Galaxy, Fit, estão munidas. Esta função de resistência se dá com relação à água e à poeira. No líquido chega a suportar em torno de 50 metros, ou 5 ATM.

O valor no mercado:

Estas duas super pulseiras estão chegando em nosso país e seu comércio é recente. O modelo Mi Band 3 está disponível na própria loja física da empresa Xiaomi, na cidade de São Paulo, pelo valor de 199 reais. O modelo Galaxy Fit iniciou as vendas, aqui, pelo valor de 699 reais.

Paulo Henrique dos Santos





Postar Comentário