Novo iPhone pode ter 4 Modelos Diferentes em 2020





Banco de Investimentos prevê lançamento de 4 novos modelos de iPhone em 2020.

Recentemente a companhia Apple anunciou que estão programados para lançamento os quatro últimos e mais avançados modelos da linha iPhone, para o ano de 2020, de acordo com a mais recente análise realizada no tradicional banco de investimentos de JPMorgan Chase.

De acordo com esses especialistas, se trata de aparelhos que estarão munidos do chamado suporte à rede 5G, que utiliza telas de tamanhos variados e opera via tecnologia tipo OLED, suplementada da presença de uma tecnologia inteiramente nova, em 3D, inserida, também, no sistema das câmeras, e que está relacionada, sobretudo, à utilização da chamada realidade aumentada.




Este mesmo relatório, produzido por especialistas do banco em questão abre uma série de especulações e até apostas no sentido de apontar dados dos bastidores, visando a instruir todos os clientes da companhia e de orientar os mesmos na condução dos melhores investimentos, daqui para frente, em torno desses futuros lançamentos no cerne do mercado de ações.

Portanto, o documento traz detalhes sobre estes futuros iPhones, edição de 2020, tocando em pontos essenciais sobre sua estrutura e design. A companhia Apple não brinca em serviços, sendo que existe a previsão de um novo evento de apresentação destes modelos, agendado para o mês de setembro.


Serão três modelos de smartphones, em termos de telas, serão vazados em design e em três tamanhos distintos, quais sejam: uma tela de 5,4 polegadas; uma tela de 6,1 polegadas e uma tela de 6,7 polegadas. Em seu conjunto, todos estarão munidos do chamado painel OLED, além do já citado e novo suporte para 5G.

Portanto, temos basicamente um trio que formará a nova série principal dos iPhones da companhia, mantendo um espaço reservado para mais um aparelho, de menor porte e produzido no chamado perfil de entrada. O aparelho mais simples é que precede os demais, no comércio.

Muitas são as especulações sobre os demais detalhes de cada um dos quatro modelos, sendo que algumas informações indicam que todos poderão ser muito similares, em tamanho, ao já famoso modelo iPhone 8, porém, desprovidos de tela OLED e de 5G. É muito importante observar que a companhia Apple atua intensamente na produção de dispositivos deste gênero, como, por exemplo, o modelo iPhone XR, que é único aparelho deste portfólio, entre os mais atuais de sua linha, que operam desprovidos do chamado display OLED.

Assim, em conformidade com a mais recente análise, destes três principais iPhones, pelo menos dois modelos possivelmente estarão munidos dos sensores para imagem em 3D, de tipo ToF, que opera com capacidade de detectar em alta precisão as distâncias e a profundidade das paisagens em qualquer fotografia registrada, como também, e de forma assombrosa, as chamadas experiências em realidade mista, pelas lentes das câmeras.

Este mesmo tipo de dispositivo pode ser encontrado instalado em modelos de smartphones de companhia rivais, tais como o modelo da Huawei, o P30 Pro, que está equipado de uma lente de câmera que rendeu muito reconhecimento nas análises dos especialistas.

Até o presente momento é o que temos. As especulações seguem e são otimistas, levando em que conta que a empresa Apple arrecadaria uma soma de até 195 milhões nas vendas desses tipos de iPhones, que serão muito impulsionadas pela presença do acesso às redes 5G, totalizando um lucro muito expressivo, diante das 180 milhões de unidades já projetadas para este ano de 2019.

Paulo Henrique dos Santos





Postar Comentário