Fim da Net – Claro incorpora Serviços de TV e Internet a Cabo





Empresas já atuavam juntas através do Combo Multi.

A Claro fez um anúncio nessa quinta-feira (11) que surpreendeu muitos, ele decretou o fim da NET enquanto um marca com ação “independente”. Como essa nova política, todos os serviços pelos quais a marca é conhecida, incluindo banda larga residencial e TV por assinatura, passam a integrar o pacote de ofertas da Claro. O curioso é que até mesmo os uniformes já conhecidos dos funcionários terão mudanças com o passar do tempo, a ideia da empresa é privilegiar a marca que é mais associada a internet no celular e a telefonia móvel.

A Claro já esclareceu que os atuais clientes e assinantes da NET não precisam se preocupar e nem tomar nenhum tipo de ação. Todos os planos já existentes permaneceram os mesmos. Também não deve haver mudanças no canal da Net na TV por assinatura. Segundo as orientações publicadas pela Claro no YouTube , ele afirma que todos os canais permaneceram os mesmos, só muda o que cliente quiser que mude. As duas empresas já faziam parte de um mesmo grupo de origem mexicana, a América Móvil, que atua fortemente no Brasil e também é a dona da Embratel.




Os canais de atendimento ao cliente, segundo as informações divulgadas, também continuam exatamente como estão. A mudança perceptível para os clientes deve ser nas lojas, aplicativos e sites, que deverão ser atualizados para comunicar a novidade e facilitar a interação com o cliente. Isso já está acontecendo, o aplicativo Minha NET, por exemplo, já mudou de nome nas principais lojas de aplicativos, o app agora ganhou o nome de Claro Residencial.

Esse movimento é uma tendência da mexicana América Móvil que emprega somente a marca Claro em todos os países da América Latina. A justificativa oficial é que essa nova política está alinhada com as tendências tecnológicas apontadas para o setor de telefonia e comunicações. Outras empresas adotam estratégias diferentes, é o caso da espanhola Telefónica, que adota a marca Movistar em toda a América Latina, mas aqui no Brasil prefere usar a marca Vivo.


As duas empresas, Claro e NET, fazem parte do mesmo grupo desde 2015. Apesar disso, a integração das duas é até mais antiga, os pacotes com serviços combinados e preço único das duas empresas, os conhecidos como Combo Multi, existem desde 2011. O processo de divulgação da integração total das marcas já foi iniciado. Todos os clientes que entram em contato com o SAC das empresas recebem a informação da novidade.

Nem todos os clientes ficaram muitos satisfeitos com as mudanças. É fácil encontrar relatos de clientes nas redes sociais informando que a mudança sem aviso prévio e de forma meio inesperada causou alguma confusão.

Outra mudança acontece em serviços e produtos que estão voltados para as pequenas e médias empresas, que agora passam a fazer parte da administração da Claro Empresas. No entanto, no segmento corporativo, a Embratel continua sendo a marca da Claro que é dedicada às soluções que englobam segurança digital, aplicações em nuvem, serviços de TI e IoT.

Os já tradicionais descontos em teatro e cinema vão continuar a ser oferecido através do programa de vantagem Claro Clube, a grande diferença é de que agora os atuais clientes da NET poderão ter acesso aos mesmos benefícios. Segundo as informações, a Now, plataforma de vídeos sob demanda da Net, também não terá mudança permanece como está atualmente.

O que todos os clientes esperam mesmo é que os serviços melhorem com essas mudanças. Em 2018 a NET terminou com 75.722 reclamações na plataforma Reclame Aqui, com isso ela foi a segunda empresa de telecomunicações com mais reclamações no site. A primeira coloca foi a Vivo, com 78.812 contestações, no mesmo período a Claro reuniu um total de 35.293 cadastros negativos, sendo que a Claro TV ficou com mais de 10.477.

Gabriel Bem





Postar Comentário