UMIDIGI F2 – Ficha Técnica e Novidades



Novo smartphone chega com câmera quádrupla e promete ser o melhor custo benefício.

Com a promessa de impactar o mercado dos celulares focados no custo x benefício, a Umidigi deve lançar nas próximas semanas, a atualização na linha F. Chamado apenas de F2, o celular tem a expectativa de entregar um conjunto generoso de câmeras, espaço interno de sobra, bastante memória RAM e Android atualizado pelo menor preço possível.

Os últimos vazamentos estimam que o Umidigi deve chegar as prateleiras (ao menos no mercado europeu) pelo valor de 200 euros. A parte traseira deve abrigar quatro lentes, sendo uma de 5MP para modo retrato, outra de 5MP para fotos em macro, uma de 13MP que permite um maior ângulo de visão e a lente principal com 48MP. O local ainda abriga um sensor Flash para registro em ambientes escuros. Já na parte frontal, a Umidigi reservará uma lente com 32MP de resolução. Talvez esta seja a aposta mais forte para o modelo deslanchar no mercado internacional. A lista de suporte aos modos de fotografia pela câmera mostra que a Umidigi trouxe uma lente fabricada pela Samsung, a S5KGM1. Este é o mesmo componente encontrado em celulares como o Redmi Note 8, Galaxy M30s, Motorola P50 e agora o Umidigi F2. Dentre os modelos citados com essa lente, talvez este seja um dos mais econômicos, já que outros celulares como o Black Shark 2 da Xiaomi ou o Z6 Pro da Lenovo custam acima de 2 mil e 3 mil reais, respectivamente, e trazem a mesma configuração de câmera por preços astronômicos.



Falando em parte frontal, é esperado que o F2 traga o padrão de telas adotado pela Samsung ao longo de 2019 nos seus celulares topos de linha. A resolução FULL HD Plus em uma tela de 6,53 polegadas diminuirá consideravelmente as bordas presentes no aparelho. Sem a presença do Notch, é esperado que o Umidigi F2 traga a câmera selfie do mesmo estilo que a linha S10 da Samsung, com um pequeno “furo” no painel frontal. Essa foi a solução encontrada para abrigar a lente da parte da frente do celular. Segundo ficha técnica, são 83.12 por cento de aproveitamento frontal, o que mostra que, mesmo com o pequeno furo na tela, o F2 não se diferencia tanto dos seus concorrentes, trazendo ainda um pouco de borda na parte frontal.

A Umidigi é chinesa e assim como outros celulares chineses, o modelo deve chegar embarcado com um processador Mediatek. O chipset apresentado ainda no ano passado, tem foco nos celulares com os novos padrões do mercado, apresentando uma resposta em inteligência artificial, se comparado com os concorrentes. É um processador destinado ao mercado intermediário, sendo este com oito núcleos de processamento, atingindo a frequência de até 2,1 GHz. O processador chinês é uma alternativa mais econômica para celulares que possuem embarcados o Snapdragon 710. Apesar de parecer simples, ele suporta tecnologias como memórias DDR4, celulares Dual Sim e rede 4G de velocidades mais rápidas. Alguns rumores também nos agraciam com outras especificações internas.



A configuração intermediária também deve receber uma bateria mais potente, sendo este um tanque de 5150 mAH e como já era esperado, sem possibilidade de remoção da bateria. O conjunto interno de especificações se conclui com 128GB de armazenamento, dividido entre o sistema operacional e seus aplicativos e o espaço livre. Além do armazenamento interno generoso, o usuário poderá expandir a memória interna graças ao espaço para cartões de memória de até 512GB. Não sabemos se a fabricante tem a intenção de lançar uma variante com menor espaço interno, mas esta deve ser a única versão do F2 disponível para o varejo.

Segundo as informações, o aparelho deve chegar nas primeiras semanas de outubro. Inicialmente, ele chegaria no final de setembro pelo preço de 200 euros no mercado europeu.

Por Leandrinho de Souza

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *