Samsung Galaxy Fold – Lançamento no Brasil



Novo smartphone deve chegar ao Brasil ainda em janeiro de 2020.

Os brasileiros fãs de tecnologia já podem se preparar porque o lançamento da Samsung já tem data para entrar em território nacional: 16 de janeiro. Isso mesmo, na próxima quinta-feira chega ao mercado uma nova tendência em celular!

O dobrável Galaxy Fold já foi certificado pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) e, portanto, já está pronto para ser usado aqui no Brasil. Apesar de ainda não ter um preço estipulado, já adiantamos que é preciso preparar o bolso para a novidade, nos Estados Unidos ele está sendo vendido a U$1.980 e, seguindo a proporção de que sempre é vendido um pouco mais caro no Brasil, pode-se esperar que o valor chegue perto da casa do 10 mil reais.



Com mais de 400 mil unidades vendidas fora do Brasil, essa novidade promete ser um marco na nova era tecnológica dos celulares dobráveis.

O que ainda é um mistério são as opções de cores que o Galaxy Fold será oferecido, no exterior existem as opções em preto ou prata.



História do Fold

Os primeiros exemplares foram oferecidos no início de 2019, porém, apresentaram diversas falhas em suas dobras, o que causou bastante polêmica acerca de sua qualidade e durabilidade. Após as notificações das falhas, a Samsung recolheu os exemplares defeituosos e solucionou o problema através de muito testes e a adição de novas telas e o aperfeiçoamento da dobra. Foi somente em setembro do ano passado que a marca oficializou a comercialização do modelo no exterior.

Outros celulares sobráveis

O novo movimento dos celulares dobráveis já vem sendo estudados por outras marcas, a Motorola e a Xiaomi são as marcas mais famosas que já apresentaram modelos similares. No Brasil o único vendido é o Motorola Rarz com aparência bastante similar ao antigo V3 com modelo flip.

Como funciona

Existem dois modos de usar o aparelho, o primeiro deles é o fechado, como já estamos acostumados a usar. Com tamanho que cabe no bolso ele possui uma tela Infinity de 4,6 polegadas com resolução de HD+. A tela chamada de Cover Display funciona normalmente e abre todos os aplicativos.

O segundo modo de uso do Fold é a tela dobrável no qual o celular se abre como um livro e exibe uma tela de 7,3 polegadas e uma resolução de QXGA+. A novidade não está só no tamanho da tela, ali também é possível utilizar até três aplicativos simultaneamente, isso mesmo, é possível acessar as redes sociais, navegar na internet e ainda baixar um app, tudo de uma vez.

Especificações

A ficha técnica do aparelho não foge muito do convencional, são 12 GB de memória RAM, um processador Snapdragon 855, espaço interno de 512 GB e ainda há suporte para cartão de memória. No Brasil, o modelo da bateria é o 4.380 mAh, já que o 4.235 mAh para os aparelhos com internet 5G não deve chegar em território nacional.

O que definitivamente foge do convencional é a quantidade de câmeras no aparelho, no total, são 6: uma frontal, duas na parte interna e três na traseira.

Características do Galaxy Fold

  • Sistema operacional: Android 9 Pie com própria interface
  • Bateria: 4.380 mAh (carregamento rápido compatível sem fio ou com fio)
  • Capacidade de armazenamento: até 512 GB (UFS 3.0)
  • Memória RAM: 12 GB (LPDDR4x)
  • Tela principal: 7,3 polegadas QXGA+ AMOLED Dinâmica (4,2: 3)
  • Tela externa: 4,6 polegadas HD+ Super AMOLED (21: 9)
  • Processador: Snapdragon 855
  • Câmera externa: 10MP (2PD), F2.2
  • Câmera dupla frontal: selfie 10 MP (2PD) F2.2 e profundidade RGB: 8 MP, F1.9
  • Câmera tripla traseira: ultra-wide de 16 MP, F2.2; wide-angle de 12 MP (2PD), F1.5/F2.4 com Estabilizador Óptico de Imagem (OIS) e zoom óptico de 12 MP, F2.4, OIS PDAF.

Texto de Diana Diniz

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *