Samsung Galaxy Fold – Lançamento, Especificações



Samsung Galaxy Fold: o primeiro smartphone com tela dobrável a chegar ao mercado brasileiro começará a ser vendido em 22 de janeiro.

Uma das grandes novidades do ano no ramo de celulares, o Galaxy Fold, dispositivo da empresa sul-coreana Samsung, chegará ao Brasil no dia 22 de janeiro. A principal inovação do Galaxy Fold consiste no fato de ele ser o primeiro smartphone com tela dobrável que chega ao mercado brasileiro.

Com uma tela de 7,3 polegadas que, ao ser dobrada ao meio fica com uma tela menor, de 4,6 polegadas, que se encontra na parte de trás do smartphone Galaxy Fold e, dessa forma, faz com que o Fold possa ser facilmente manuseado com apenas uma das mãos e se encaixe tranquilamente no bolso da calça. Além disso, ele pode exibir, simultaneamente na tela, três aplicativos, como, por exemplo, o WhatsApp, e-mail e bloco de notas. Três apps ao mesmo tempo correspondem a mais uma inovação apresentada pelo Fold, pois os smartphones anteriores, mesmo aqueles configurados com sistema Android e que possuíam telas maiores, alcançavam mostrar apenas dois aplicativos simultâneos. Quando a tela estiver dobrada, embora seja menor, o usuário também poderá acessar qualquer aplicativo.



Renato Citrini, gerente sênior de produtos da Samsung Brasil afirma que a tela dobrável é um mecanismo ao qual já estamos acostumados, pois imita o modo como abrimos um livro ou revista, ou seja, não nos é um movimento estranho que demandará demasiado esforço. Estudos realizados com usuários do Galaxy Fold em países nos quais o modelo já está disponível mostrou que, em média, os usuários realizavam a abertura da tela 44 vezes ao dia.

Mas quanto custará o novo modelo no Brasil? Nos Estados Unidos, o Galaxy Fold foi vendido por 1.980 dólares. Por aqui, em terras brasileiras, ele chega com o preço de R$12.999 como sugestão. Quando comparado ao iPhone 11 Pro Max, da norte-americana Apple, o Fold tem um preço mais alto – o iPhone 11 Pro Max custa, por aqui, R$ 9.600,00 – o que pode ser explicado pelo fato de o Galaxy Fold ter 12 GB de memória RAM contra apenas 4 GB da mesma memória oferecidos pelo iPhone 11 Pro Max, por exemplo. Ou seja, o Fold apresenta especificações técnicas superiores ao modelo da Apple.



No Brasil, o modelo Fold chegará apenas na cor preta e também não irá contar com a compatibilidade com as redes 5G, pois de acordo com o governo brasileiro, as redes móveis de alta velocidade chegarão por aqui apenas em 2022.

Citrini afirmou, ainda, que um celular com a tela dobrável é um desejo dos consumidores, que têm buscado aparelhos com telas maiores. Ainda conforme o gerente, os brasileiros já estão adquirindo seu quarto ou quinto modelo smartphone e, com isso, tornou-se mais exigente com o seu novo celular. No entanto, é necessário que os usuários avaliem também suas necessidades, e pensem acerca dos valores dos produtos comercializados. Isso porque, no ano passado, apenas 7% dos consumidores adquiriram modelos na categoria que os fabricantes chamam de “super premium”, ou seja, aparelhos com mais recursos e que, consequentemente, custam mais caro. Para Citrini, esse ainda é um nicho de mercado que se volta especificamente para consumidores que se encontram nas classes A e B.

As vendas do Galaxy Fold ocorrerão somente no período entre as 21h de 22 de janeiro até as 21h do dia 23 de janeiro, apenas pelo site oficial da Samsung. Nas lojas físicas, o cliente poderá adquirir o produto online, utilizando um tablet oferecido pela loja, e o receberá em sua residência. Novas datas para vendas provavelmente serão anunciadas em breve.

Até o presente momento, o Galaxy Fold é o único smartphone com tela dobrável que será comercializado no Brasil.

Por Sabrina Ferraz Fraccari

Samsung Galaxy Fold

Samsung Galaxy Fold

Samsung Galaxy Fold

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *