Galaxy S10+ – Análise, Vale a Pena?



Confira aqui o review e descubra se o Samsung Galaxy S10+ pode ser uma boa escolha de smartphone.

As vendas no mercado de celulares em sua grande maioria acontecem na faixa dos aparelhos intermediários ou intermediários Premium, mas não são estes que ditam as grandes novidades do mundo mobile. O seguimento dos topos de linha é dedicado ao que as fabricantes podem oferecer de melhor aos clientes.

No ano passado, diversos ocuparam essa faixa de dispositivos que entregam muito por um preço mais elevado. Um dos que mais surpreenderam o mercado no ano passado, ainda que tenha sido apresentado no começo do ano, é o Galaxy S10 Plus.



Processamento

Destinado para quem não quer se preocupar com desempenho, o modelo foi pensado para atender ao público mais exigente e para aquele que deseja conhecer o que a sul-coreana ditou de tendência no ano passado.

Em seu interior, são dois tipos de processador. Alguns mercados ao redor do mundo receberam a variante contendo o Snapdragon 855 com fabricação de 7 nanômetros (mais especificamente os Estados Unidos e a China) e outros lugares do planeta avistaram o modelo com o Exynos 9890, com fabricação em 8 nanômetros, o melhor chipset já feito pela Samsung (mercados europeus e latino americanos, incluindo o Brasil).



Independente da marca, ambos têm oito núcleos de processamento. O Snapdragon tem um núcleo mais parrudo com 2.8GHz de frequência, acompanhado de outros três núcleos a 2.4 GHz e outros quatro ficando em 1.7 GHz, para trabalhos mais leves, visando um menor consumo de bateria.

Já a variante que chegou ao Brasil também tem oito núcleos, sendo dois deles ficando a 2.73 GHz e outros dois a 2.31 GHz. Os outros quatro restantes focam no consumo baixo de bateria, posicionando o celular a uma velocidade de 1.7 GHz, destinado aos processamentos mais leves como responder uma simples mensagem ou navegar na internet.

Mesmo sendo estes processadores do ano passado, eles dão folga para que o dispositivo aceite cada vez mais os aplicativos atuais e outros recursos que venham a ser adicionados no futuro. Ou seja, um game vai rodar de forma fluída sem atrapalhar outras atividades.

Armazenamento e Memória RAM

A variação no S10 Plus não fica restrito ao processador, mas também ao armazenamento e memória RAM. São ofertados no mercado, três submodelos: um de 128GB de armazenamento e outra com 512GB de espaço interno, para aqueles que tem 8GB de RAM. Quem desejar a opção com 1TB de armazenamento, também ganha um pouco a mais de memória: 12GB de RAM.

Além do amplo espaço interno, a versão Plus do topo de linha do ano passado também oferece expansão através da inserção de um cartão SD, podendo assim expandir e armazenar ainda mais conteúdo. É bom destacar que o espaço interno é compartilhado com o sistema operacional e suas aplicações padrões.

Tela e câmera

A Samsung colocou o que há de mais atual quando o assunto são telas: O display de 6.4 polegadas tem em seu interior a tecnologia AMOLED, desta vez dinâmica, aplicando filtros e luminosidade de acordo com o uso daquele que adotar o S10 Plus no dia a dia. Nas tecnologias, ainda podemos citar a presença do HDR+ e Always-on Display, com proteção Gorilla Glass 6 para pequenos riscos e arranhões do dia a dia.

Em um primeiro momento, uma diferença com os antecessores diz questão ao “furo” na parte frontal, ao qual abriga o conjunto duplo de câmeras, sendo uma de 10MP e outra de 8MP que tem capacidade de filmar em até 4K, usando as duas câmeras para vídeo chamadas, ideal para quem precisa de uma qualidade mais elevada em uma conversa no WhatsApp ou em outros aplicativos.

Passando para a traseira, são três lentes que equipam o modelo Plus do S10. Dois de 12MP sendo que um é destinado para as fotos em wide, outra para telefoto e outra de 16MP para fotos em ultrawide. Dá para cravar que, levando em consideração as fotografias em pleno 2019, esta é uma das melhores experiências para quem gosta de registrar todos os movimentos.

Extras e versão do Android

O S10 Plus deve receber ao menos duas grandes atualizações. Por aqui está instalado o Android em sua versão 9 e a novíssima ONE UI, com adaptações nos novos aparelhos, principalmente aqueles sem quaisquer presença de botões. Porém, a atualização para o Android 10 já está garantida.

O S10 Plus conta com melhoramentos no som, graças a parceria com a AKG; saída para fones de ouvido, além de suporte para as tecnologias atuais de rede sem fio, e desbloqueio de digitais sob a tela.

S10 Plus: vale a pena?

Com preços partindo de 3 mil reais, até o fechamento desta matéria, o S10 Plus é mais barato que os concorrentes da Apple, mas entrega um conjunto bastante atualizado em especificações e recursos.

A compra é mais que indicada e continua sendo um dos melhores celulares de 2020.

Por Leandrinho de Souza

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *