Galaxy Tab A 8.4 (2020) – Ficha Técnica e Novidades



Modelo chega com bateria de longa duração e preço baixo.

O mercado de tablets parece não estar esquecido pela Samsung, que apresentou e colocou no mercado internacional mais um modelo. Trata-se do Galaxy Tab A 8.4 edição 2020. O dispositivo chega para competir no segmento de aparelhos básicos e intermediário, se destacando pela boa duração de bateria.

Mantendo as bordas

O Tab A 8.4 chega com bordas consideráveis. Não é nesta vez que encontramos um aproveitamento na parte frontal, como encontramos em celulares lançados já há bastante tempo. Ele se adapta bastante a proposta de ser algo mais em conta, com construção bastante simples. A presença de bordas é um ponto positivo em meio a um mundo cada vez com mais vidro, já que o tablet pode trazer um maior conforto na usabilidade.



Desempenho

A Samsung apostou em seu processador próprio, diferentemente de trazer um Snapdragon nas gerações anteriores. Trata-se do Exynos 7904, competidor direto do Snapdragon 660, chipset intermediário do ano passado. O próprio da sul-coreana perde em alguns pontos, mas ainda traz um bom desempenho no conjunto da ópera.

No frigir dos ovos, este é um octa-core, com seis núcleos ficando a 1.6 GHz e outros dois girando a 1.8 GHz, parte dedicado a economia de bateria e outra parte dedicado para atividades que pedem maior desempenho. Acompanhando, temos 3GB de memória RAM e um espaço interno de 32GB, com a possibilidade de expansão via cartão de memória. Segundo fica técnica da Samsung, o processador pode superar câmeras com resolução em até 4K, o que não é encontrado neste dispositivo.



Conectividade

A Samsung lançou apenas a variante 4G, usufruindo do suporte do processador nas conexões moveis de alta velocidade. Nas áreas onde está disponível, o modem suporta velocidades de até 600 Mbps de download com possibilidade de até 150 Mbps de upload na rede Cat12 e Cat13.

Outro ponto positivo é o suporte na rede sem fio para os padrões Ac, trazendo altíssima velocidade quando o usuário conectar o aparelho em uma rede compatível com boas conexões. Ainda foi mantido a saída para fones de ouvido, além de receber o USB-C, deixando de lado a já conhecida MicroUSB.

Câmeras

Não espere bons sensores. Lentes para tablets são conhecidas por serem básicas, destinadas para quem precisa de algo rápido, sem grandes detalhes. Na parte traseira, temos uma câmera com 8MP e sem a presença de um sensor flash. Na parte frontal, 5MP completam o assunto, quando citamos câmeras. Como não temos o recorte na tela, a lente frontal permanece onde sempre encontramos.

Tela TFT com Full HD

O Tab 8.4 2020 da Samsung recebeu um incremento na tela, se comparado as gerações anteriores. A tela tem 8.4 polegadas, com resolução FULL HD. A melhoria é considerável no consumo de mídia e conteúdo, já que uma melhor resolução significa em uma melhor experiência como um todo. Esse novo recurso torna o modelo bastante interessante, já que os tablets mais simples são conhecidos pelos poucos recursos de destaque.

Um ponto que pode decepcionar é a tecnologia TFT, bem longe do AMOLED que a Samsung destina aos celulares já intermediários.

Bateria: ponto de destaque

Para alimentar uma tela com altíssima resolução, a bateria devia receber um incremento e realmente recebeu. São 5.000 Mah que pode durar até 11 horas na navegação via internet ou boas 12 horas no consumo de vídeo, graças também as otimizações feitas no Android 9, modificado pela Samsung.

Não foram informados, porém, se há suporte ao carregamento rápido. Os processadores de fabricação da Samsung já conhecem essa possibilidade há tempos, o que não sabemos ainda se o Tab também suportará.

Preço e disponibilidade

Nenhuma informação sobre preço ou disponibilidade para o Brasil. Nos EUA, ele chega primeiramente pela Verizon, com preço abaixo de 300 dólares naquele mercado.

Por Leandrinho de Souza

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *