Black Shark 3S 2020 – Novo Smartphone Gamer da Xiaomi



Novo smartphone chega ao mercado custando cerca de R$ 3.580.

A Xiaomi anunciou esta semana a nova versão do seu smartphone gamer, estamos falando do Black Shark 3S, aparelho que promete desbancar alguns aparelhos que foram lançados a pouco tempo, como Asus ROG Phone 3, Nubia Red Magic 5S e Lenovo Legion Duel.

O novo smartphone chegará ao mercado com uma ótima tela AMOLED de 6,67 polegadas e resolução Full HD+, com taxa de atualização de 120 Hz. Este aparelho permite criar macros dos jogos, além de contar com comandos de voz e giroscópio de alta precisão.



Quanto ao processador utilizado no aparelho, ele utiliza o chipset Snapdragon 865, além de contar com 12 GB de memória RAM e memória interna de 128 GB, 256 GB ou 512 GB, dependendo da versão escolhida.

Um detalhe interessantíssimo deste aparelho está na presença do novo JOYUI12, que é capaz de espelhar a tela do aparelho no computador, permitindo ainda que se possa jogar utilizando o teclado e mouse.



Já com relação às câmeras do aparelho, ele conta com câmera tripla na traseira, com sensor principal de 64 MP, além de sensor de profundidade de 5 MP e câmera grande angular de 13 MP. Já na parte da frente o aparelho possui uma câmera de 20 MP.

A bateria também promete agradar em cheio que passa horas jogando no smartphone, isso porque o Black Shark 3S conta com bateria de 4.729 mAh, com tecnologia de carregamento rápido de 65W, o que faz com que o celular seja carregado completamente em apenas 38 minutos.

Sobre as cores disponíveis do aparelho, ele será vendido nas cores Skyfall Black (Preto) e Crystal Blue (Azul).

O aparelho está sendo vendido inicialmente na China pelos seguintes valores:

  • Versão de 512 GB: CNY 4.799 (cerca de R$ 3.580)
  • Versão de 256 GB: CNY 4.299 (cerca de R$ 3.207)
  • Versão de 128 GB: CNY 3.999 (cerca de R$ 2.983)

Ainda não existe previsão de chegada do aparelho em outros países. Aqui no Brasil, certamente o smartphone deve chegar via importação por algumas empresas. Quanto aos valores em nossas terras, ele deve sair por valores bem mais altos do que os cobrados na China.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *