Uso de Smartphones está com os dias contados, segundo Samsung



Segundo a fabricante sul-coreana, os smartphones não serão mais utilizados no período de 5 anos, passando para a era da inteligência artificial e a rede 5G.

Você já imaginou algum dia que os smartphones poderiam se tornar obsoletos? Pois é isso mesmo que a Samsung afirmou através de Kang Yun-Je, o chefe de design da fabricante. Segundo ele, a desenvolvedora de smartphones chegou a um ponto de limite em termos de inovação destes aparelhos. Kang apontou que a Samsung agora deverá voltar o seu foco para produtos diferentes para que possa apresentar ao mercado de tecnologia mais inovações.

O designer da fabricante sul-coreana comentou esse limite foi o fato responsável para que a empresa fabricasse um smartphone que tivesse o seu display dobrável. De acordo com esses relatos, a prioridade da Samsung será concentrar os seus esforços para o desenvolvimento de novos smartwhatches e de fones de ouvido inteligentes, pois são os dispositivos que apresentam um novo e maior impacto para o mercado tecnológico.



O chefe de design da Samsung apontou que em aproximadamente cinco anos tudo será mais “intuitivo” e as pessoas estarão “vestindo telas”. A nova era do mercado tecnológico também é um fato corroborado pelo CEO da empresa sul-coreana, DJ Koh. Ele também acredita que os celulares ficarão ultrapassados em pouco tempo e que os recursos serão voltados para a inteligência artificial e a rede 5G, por exemplo. Para DJ Koh, os smartphones tiveram a sua era de ouro nos últimos de anos e, que a partir de agora, uma “nova era” estará para se iniciar.

Muitos especialistas do mercado tecnológico também acreditam como verdade os pontos afirmados pela Samsung. Para Diego Cibils, que é um dos fundadores da Kona, empresa de inteligência artificial, os smartphones trouxeram uma liberdade maior para os usuários durante a sua era de transição dos computadores desktops para os smartphones. Cibils explica que não será mais necessário levar ao seu lado as telas dos celulares futuramente, uma vez que haverá displays virtuais. Essas telas, segundo o empresário, serão exibidas em paredes ou até junto as roupas que usamos ou em nossos carros, tudo com a mesma experiência.

Leia também:  Xiaomi Mi 4 - Características, Especificações


Os especialistas explicam que os smartphones com telas dobráveis, como o recente lançamento da Samsung, vão permanecer ainda por mais algum tempo. Porém, com a chega forte da rede 5G e também da chamada internet das coisas, o mercado vai se adaptar a outros dispositivos que entrarão no lugar dos atualmente amados telefones celulares inteligentes.

O que é a Internet das Coisas?

Esse termo, criado no ano de 1999 por Kevin Ashton, no MIT, nos Estados Unidos, é atualmente utilizado como conceito referente a interconexão digital de objetos que encontramos em nosso dia a dia ao lado da internet. São objetos físicos como prédios e carros, por exemplo, que podem ser capazes de efetuar a reunião e a transmissão de dados. Nada mais é que a extensão da internet que conhecemos hoje em dia que possibilita que objetos rotineiros possam se comunicar e se conectar a web.

Em um primeiro plano, essa conexão com a internet possibilitará o controle de objetos de maneira remota. Em um segundo momento, esses mesmos objetos poderão ser utilizados pelos usuários como provedores de serviços. São várias as possibilidades que poderão ser criadas com esses objetos tendo tais capacidades. Setores como o industrial e acadêmico poderão usufruir muito destas inovações no mercado tecnológico.

Se por exemplo remédios tivessem um conceito que fosse possível equipá-los com dispositivos de identificação e uma conexão a web, seria muito menor a chance da falta dos mesmos, uma vez que seria mais fácil encontrá-los no mercado e quantidade disponível deles.

De acordo com a Gartner, empresa de consultoria, esse ano de 2020 já vai apresentar em todo o mundo cerca de 26 bilhões de aparelhos que estejam com uma conexão à internet das coisas. A previsão é que a próxima geração de aplicações feitas na internet, será possível a identificação de maneira instantânea qualquer tipo de objeto através de um código.

Leia também:  Novo Tablet Android Lenovo Tab P11 Pro 2020

Por Karin Cristina Cubas

Smartphones

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *