Deixar Celular Carregando a Noite Toda Estraga Bateria?



Saiba aqui se deixar o celular carregando a noite toda pode estragar a bateria do aparelho.

Se existe uma coisa que é consenso entre todas as pessoas é o fato de não conseguirmos ficar sem carga no celular.

Estamos tão habituados a estar o tempo todo conectados, sendo que boa parte das nossas atividades estão ali "organizadinhas" em nossos smarthphones, que mantê-lo sempre junto a nós e com bateria suficiente se tornou uma obsessão.



A maioria das pessoas costuma carregar a bateria deixando o carregador conectado ao celular durante a noite toda, independente dele já ter atingido a carga máxima de 100%, garantindo assim a sua “sobrevivência” para o próximo dia, sempre cheio de compromissos.

Mas será que essa prática é bacana?

Quem responde a essa e outras dúvidas é David MacKay, professor da Universidade de Cambridge (Inglaterra), que publicou um estudo onde esclarece boa parte dos mitos e fatos relacionados a prática de mantermos os celulares no carregador terminado o tempo de carregamento.



Sobre o consumo de energia elétrica

Quando nos tornamos adultos e passamos a bancar as nossas próprias contas é que passamos a dar o verdadeiro valor ao dinheiro, sendo esse um ponto muito importante a ser observado.

Segundo os estudos e análises realizadas pelo professor, o carregador ficar ligado na tomada sem estar conectado a um smartphone, gera um gasto mínimo de energia elétrica. Porém, se o carregador estiver conectado a um aparelho e continuar ali após ter atingido a carga completa, isso gerará um aumento no consumo de energia elétrica, também considerado pequeno, segundo os apontamentos de David MacKay.

Acontece que, do ponto de vista econômico, devemos observar que se o aparelho já atingiu a carga máxima, não há necessidade de mantermos o carregador conectado a ele ou a uma fonte de energia. Embora o gasto seja pequeno, se multiplicarmos isso ao longo dos meses, anos e pela quantidade de aparelhos em cada casa, poderemos identificar um grande desperdício de energia e de dinheiro (desnecessários), que poderiam ter sido minimizados com o simples hábito de desconectar os aparelhos após o seu carregamento.

Leia também:  Samsung Galaxy A50 - Características, Especificações

Sobre o a possibilidade de explosão

Temos visto recentemente uma onda crescente de informações divulgadas acerca de aparelhos que explodiram quando estavam carregando. Se levarmos em consideração a quantidade de aparelhos que existem no mundo, a margem daqueles que apresentam problemas é muito pequena.

O professor explica que esse risco existe de fato, porém a probabilidade que isso venha a acontecer é muito baixa. Isso ocorre porque a maioria dos novos aparelhos contam com um sistema automático que diminui em boa parte a energia que circula entre o aparelho e o carregador, quando estes atingem a carga máxima.

Sobre o risco de a bateria “viciar”

Antigamente éramos instruídos que antes de usarmos o aparelho pela primeira vez era necessário darmos uma carga completa, além de não podermos deixá-lo no carregador após completar o carregamento e/ou ficarmos fazendo pequenas cargas retirando o aparelho antes da finalização.

Isso acontecia porque as baterias antigas possuíam uma espécie de memória que acabava sendo prejudicada com a aplicação de cargas de maneira irregular pelo usuário.

Hoje os novos aparelhos possuem baterias de íon de lítio, a qual não possui esse registro acerca dos carregamentos realizados, não possibilitando que a bateria vicie.

Obviamente, com o passar do tempo, notamos que os aparelhos vão perdendo a sua capacidade de carregamento e de armazenamento da carga e isso se dá em razão da degradação natural da bateria, que como qualquer outro tipo de aparelho, possui um tempo de vida útil que dependendo do quanto você gasta dela e a maneira como você utiliza seu aparelho, pode chegar a até 3 anos.

A verdade é que antes dessa vida útil chegar ao fim, você provavelmente já estará em busca de um modelo mais moderno e atual.

Leia também:  Motorola One Fusion e One Fusion+ 2020 - Preços e Ficha Técnica

O estudo do professor traz dicas muito interessantes e esclarecedoras, mas como diz o velho ditado: “O seguro morreu de velho”, então não deixe o seu aparelho na tomada sem necessidade, evite deixar o carregador conectado sem estar carregando, afinal você não vai querer fazer parte dessas estatísticas (embora pequenas) de pessoas que viram seus smartphones explodirem, além do prejuízo enorme que uma explosão como essa pode causar para a sua vida e de outros ao seu redor.

Autoria: Evelize Juliana da Silva

Please follow and like us:

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email