Clubhouse – O Que é e Como Funciona a Nova Rede Social de Áudio



Saiba aqui o que é e como funciona o Clubhouse.

O Clubhouse, a mais recente novidade nas redes sociais, tem ganhado destaque nos últimos dias. Mas será que você sabe do que se trata?

Se você é alguém que está sempre ligado em tudo que de novo acontece no mundo digital, é bem provável que já tenha visto em algum lugar a palavra Clubhouse. Recentemente, esse termo tem sido bastante comentado em redes sociais como no Twitter, por exemplo. Nas pesquisas realizadas no Google, o termo também tem merecido destaque.



O que é Clubhouse

O Clubhouse é uma nova forma de interagir na internet e, por enquanto, está disponível para download apenas em aparelhos de iPhone. Para participar da plataforma, é preciso receber um convite de alguém que já esteja dentro dela. Diferente de outras redes sociais, como o WhatsApp, a nova rede não permite o compartilhamento de fotos e imagens e a única forma de interação entre os seus integrantes é através de áudio. Outra diferença está no fato de que os áudios não são armazenados. Só é possível ouvir em tempo real.

Como participar

Como já foi dito antes, só é possível entrar na rede social caso tenha recebido o convite de alguém que já faça parte dela. Se quer saber como conseguir um convite para o ClubHouse gratuitamente, vamos dar algumas dicas agora: se o convite não tiver acontecido ainda, a opção possível é baixar o app e fazer uma inscrição e aguardar ser convidado. A partir do momento da inscrição, a lista de espera passa a estar sincronizada com os contatos que estão na sua agenda do celular. Dessa forma, se entre os seus contatos houver alguma pessoa que esteja na plataforma, esta poderá fazer o convite. Cada pessoa cadastrada tem o direito de convidar outras duas para participar.

Leia também:  Xiaomi Mi Mix - Características, Especificações


Convites a R$ 279

O convite e inscrição para a nova rede social de áudio são grátis. Mas, aproveitando o momento e a curiosidade despertada pela novidade, o convite já está sendo oferecido em sites pelo preço de até R$ 279.

Alguns famosos contribuíram para a divulgação da plataforma. Boa parte das pessoas tiveram a curiosidade despertada depois de saberem que pessoas como Ashton Kutcher, Kevin Hart, Oprah Winfrey e Elon Musk também estavam usando a rede social. A atenção de boa parte dos brasileiros foi despertada quando o diretor do Big Brother Brasil, o Boninho, conversou sobre o reality através do aplicativo.

De que forma funciona o Clubhouse

Após se cadastrar, o usuário pode entrar em diferentes salas para conversar. Os temas das conversas são diversos e cada um escolhe o que mais o agrada, entrando e saindo no momento que desejar. As salas de bate papo podem ser de diversos tamanhos, algumas chegam a ter 5 mil pessoas acompanhando de forma simultânea. Em salas com menos participantes, o chat pode ficar ligado, mas naquelas que têm maior número de pessoas é importante pedir licença para falar. Isso pode ser feito através de um emoji. A autorização nem sempre é concedida.

Vale lembrar que em caso de chat aberto, o mesmo deve ser pausado quando o participante estiver falando com alguém perto e que não esteja participando do chat ou mesmo em caso de ruído excessivo. Isso porque a conversa acontece da mesma forma que uma ligação normal e tudo que for dito pode ser ouvido por todos. O moderador tem o poder de determinar a hora em que cada participante pode falar. O mesmo também pode definir se qualquer pessoa pode falar ou apenas ele.

Leia também:  Sony Xperia XZ2 - Preço e Análise

Para que pode ser utilizado o Clubhouse

A rede social Clubhouse pode ser utilizada de várias formas, como por exemplo uma reunião ou aula online. É possível programar eventos ou utilizar como sala de bate papo sobre os mais variados assuntos. Existe também a possibilidade de criação de uma sala apenas para os contatos.

Quando e por quem foi criado o Clubhouse

O Clubhouse é uma criação de Rohan Seth em parceria com Paul Davidson. Rohan Seth já trabalhou para o Google, enquanto o Paul Davidson é um empresário do Vale do Silício. Os dois lançaram o Clubhouse no mês de março de 2020. Mas somente este ano a empresa se tornou um sucesso, ganhando um lugar entre as que pertencem ao grupo chamado de "unicórnios".

As empresas chamadas de unicórnios são aquelas que conseguem ser avaliadas em um bilhão de dólares antes de terem suas ações abertas na Bolsa de Valores. Entre essas estão Pinterest e Uber.

Henri Silva

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *