Moto E7 Power 2021 – Preço e Ficha Técnica



Modelo chega ao país com bateria de alta capacidade e preço alto.

Depois do lançamento do Moto E6i, a Motorola anunciou o lançamento de seu novo modelo de smartphone, o Moto E7 Power, na última terça-feira, 16 de fevereiro. O anúncio aconteceu de maneira similar ao modelo E6i, de maneira silenciosa e sem alardes. O smartphone vem equipado com uma bateria de 5000 mAh, capaz de suportar até dois dias longe da tomada em uso moderado, e tela em IPS de 6,5 polegadas. O modelo havia sido anunciado na Índia no começo dessa semana.

Com tela “Max Vision” de 6.5 polegadas, o modelo é capaz de reproduzir imagens em HD+, a mesma resolução utilizada por modelos da linha G. Em relação a câmera frontal, o entalhe é feito em formato de gota e possui 5 megapixels. A resolução da câmera é suficiente para ter boa qualidade de imagem para selfies.



O Moto E7 Power é equipado com câmera traseira dupla, sendo a principal de 13 Megapixels e campo de visão de até 79 graus, e a câmera macro de 2 megapixels e campo de visão de até 85 graus. O smartphone também possui flash em led e foco automático, no caso da câmera de 13 megapixel.

Por se tratar de um modelo voltado ao mercado de entrada, o Moto E7 Power vem equipado com o processador da Media Tek, o Helio G25. O processador octa-core da Media Tek é equipado com a tecnologia ARM Cortex-A53, que trabalha a uma frequência de até 2 GHz.



Para completar o conjunto, o modelo possui 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno. É possível expandir através do cartão MicroSD com capacidade de até 1TB, o que é um benefício em relação a alguns modelos concorrentes. O ponto negativo é que para aumentar a capacidade de armazenamento, será necessário utilizar uma das entradas destinadas para o dual chip. O modelo vem de fábrica com o Android 10 instalado, e não a sua versão Go Edition, presente em modelos de menor capacidade de desempenho, como, o modelo Moto E6i.

Leia também:  BlackBerry Z10 - Ficha Técnica, Características

O principal atrativo do modelo está na autonomia de sua bateria de 5000 mAh, que se tornou recorrente em seus modelos. Por ter configurações básicas, ele é recomendado para quem prefere passar mais tempo sem recarregar o celular e realizar tarefas simples, como assistir algumas horas de vídeos, realizar chamadas e navegar pelas redes sociais.

Para exemplificar, a bateria tem autonomia suficiente para assistir até 14 horas de vídeos, navegar pelas redes sociais por 12 horas e ouvir músicas por até 76 horas. Nesse ponto, vale lembrar que a duração da bateria pode ser afetada em algumas situações, como, a configuração de rede, variação da intensidade do sinal, aplicativos em segundo plano e o perfil de cada usuário.

No entanto, a Motorola garante que os usuários poderão passar até dois dias sem recarregar o smartphone. O modelo também acompanha carregador de 10w, que suporta carregamento rápido, e fones de ouvido na caixa.

Como de costume da Motorola, o modelo possui leitor de digitais no logo da marca, na parte traseira. Um botão na parte lateral do aparelho é destinado exclusivamente ao Google Assistente.Também há conexão P2, Bluetooth 5.0, USB do tipo C, suporte para até dois chips SIM e conexão 4G.

O novo smartphone já está disponível no site da Motorola Brasil e possui versões nas cores azul coral e vermelho metálico. O preço oficial é de R$ 1.099, mas o modelo pode ser encontrado por até R$ 989 no pagamento à vista.

Os pontos fortes do dispositivo se concentram na alta capacidade de autonomia da bateria e a tela “Max Vision”, presente em modelos intermediários da marca. O recomendado é que o cliente verifique as promoções, já que é possível encontrar modelos da linha G por um preço semelhante, ou até mesmo inferior ao do Moto E7 Power em seu lançamento.

Leia também:  Novo iPhone SE 2 - Preço e Ficha Técnica

Wendel George Peripato

Please follow and like us:

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RSS
Follow by Email