Xiaomi Mi 12 – Primeiro Celular com Snapdragon 895



Novo modelo deverá ser o primeiro a ser lançado com processador Snapdragon 895.

Se você é fá dos smartphones da grande empresa chinesa, temos uma novidade que só a Xiaomi tem. De acordo com as últimas notícias, a Qualcomm está desenvolvendo uma nova linha de processador Snapdragon que será fabricado com a TSMC, o Snapdragon 895, que utiliza um processo de fabricação de 4 nm, e o Xiaomi Mi 12 será o primeiro smartphone a obtê-lo.

Quer saber mais informações sobre essas novidades? Continue lendo a matéria!



Xiaomi Mi 12: o primeiro com Snapdragon 895

O principal motivo que levou a Qualcomm a recorrer à TSMC foi a informação de que a gigante taiwanesa planeja iniciar a produção em massa dos novos produtos 4nm em 2022. Várias fontes afirmam que o referido SoC Snapdragon 4nm, que será lançado pela Qualcomm e pela TSMC.

Ross Young , fundador e analista-chefe da DisplaySearch e DSCC, deu a notícia de que a série OPPO Find X3 deste ano, bem como o novo Galaxy Z Flip 3, Z Fold 3, Huawei Mate 50 Pro e o novo iPhone 12s Pro e iPhone 12s Pro Max, usarão esses painéis, mas ainda não há confirmação oficial disso, somente para o Xiaomi Mi 12 terá em primeira mão, o processador Snapdragon 895.



O que há de especial no Snapdragon 855?

  • O chipset tem configuração tri-cluster e o núcleo Kryo 845 Gold Prime tem uma frequência de 2,84 GHz. Qualcomm afirma melhoria de desempenho de 45% em relação ao SD 845

  • A nova GPU Adreno 640 é 20% mais rápida do que Adreno 630 no Snapdragon 845 e oferece suporte a jogos HDR reais e jogos construídos em torno de Renderização Baseada em Física (PBR).

  • O Snapdragon 855 recebe um mecanismo de IA dedicado e você pode esperar ganhos de desempenho de até 3x em IA e cálculos complexos

  • O Snapdragon 855 também tem um novo módulo de Voice Assistant para melhorar o processamento de AI Assistants.

  • O novo Spectra 380 ISP habilita recursos como modo retrato em vídeos, HDR em modos retrato e muito mais.

  • O Snapdragon 855 será a primeira plataforma móvel com suporte para 5G (usando o modem Snapdragon X50), Wi-Fi 6 11ax e 60 GHz Wi-Fi 11 ay. O SD 855 suporta todas essas tecnologias usando chips externos e, portanto, telefones sem esses recursos também estarão disponíveis simultaneamente.

Leia também:  Moto G5 Plus - Especificações, Características

A Xiaomi foi fundada em junho de 2010 como uma colaboração entre parceiros, incluindo a desenvolvedora de chips móveis Qualcomm e a Temasek Holdings, que é uma empresa de investimento de propriedade do governo de Cingapura.

O primeiro produto da empresa foi o software Android, com seu primeiro telefone – o Xiaomi Mi1 – lançado em agosto de 2011.

A avaliação da empresa está entre US$ 40 bilhões e US$ 50 bilhões, com base em sua rodada de financiamento mais recente.

Em 2014, a Xiaomi gerou receitas de US $ 12 bilhões, de acordo com a Bloomberg. Isso ainda é muito pequeno em comparação com a Apple, que teve vendas de US $ 182,8 bilhões em seu último ano fiscal. A receita da Samsung em 2014 foi de cerca de US $ 200 bilhões.

O crescimento meteórico da Xiaomi a transformou de uma startup a uma grande empresa de tecnologia em apenas alguns anos; mais especificamente, em menos de cinco anos. Seus produtos abrangem tanto o segmento de baixo quanto o de alto padrão do mercado. E tem planos de ir além da Ásia. Isso se deve em parte ao seu mercado nativo chinês , que viu o mercado de smartphones aumentar drasticamente.

Sem dúvida, essa parceria com o processador Snapdragon 895 irá promover a Xiaomi para competir com a grande rival Apple.

Marina Costa

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *