Novo Motorola Defy 2021 – Ficha Técnica e Novidades



Novo smartphone chega ao mercado com corpo resistente e configurações intermediárias.

Prometendo uma máquina intermediária e “indestrutível”, a Motorola lança o Defy 2021, um modelo que volta ao mercado depois de uma década, com uma fama de telefone indestrutível. Ele se apresenta como intermediário com especificações “ok” para a faixa de preço.

A novidade foi anunciada nessa quinta-feira (17), com o nome de Motorola Defy 2021. Suas bordas robustas, no design do telefone, demonstram uma ideia de resistência, ponto que entra em coesão com a proposta anunciada. Sua tela, com proteção Gorollila Glass Victus; referência em questões de resistência e durabilidade, sendo superior ao seu outro tipo de vidro o Gorilla Glass 6. O Gorilla Glass Victus promete uma resistência fenomenal e uma proteção de quedas de altura de até 2m. Feito para ser, inclusive resistente à arranhões e defeitos ocasionais. Sua tela é uma IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD+.



O Defy 2021 vem com as configurações de um telefone intermediário, com um processador Snapdragon 662 que trabalha com um conjunto de 4 GB de RAM em 64 GB de armazenamento, com opções para a expansão de memória. O processador Snapdragon 662 se posiciona entre o Snapdragon 660 e o Snapdragon 665. A Qualcomm diz que ele é o primeiro chipset da série Snapdragon 6 com suporte para armazenamento de imagens no formado HEIF, que promete imagens com alta qualidade sem gerar arquivos muito grandes. Abrindo a probabilidade para um aproveitamento melhor de memória .

Agora falando de câmeras, por ser um intermediário, as câmeras não são impactantes e nem inovadoras, na verdade é algo bem mais do mesmo… com uma principal de 48 MP e mais duas câmeras de 2MP cada servindo uma para fotos macro e outra, exclusiva, para o efeito de profundidade. A câmera frontal possui 8MP para fotos de selfies… algo simples até para um telefone de entrada, mas….

Leia também:  LG G6 - Características, Especificações


Suas especificações são bastante semelhantes ao Moto G9 Play. O sistema que alimenta o dispositivo é o, já mencionado, Snapdragon 662, que opera juntamente com 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno. A bateria é de 5.000 mAh, com carregamento de 20 W, garantindo autonomia de até dois dias de uso moderado e até um dia inteiro de uso exagerado. O sistema operacional é o Android 11, com interface UX da Moto. A Motorola investiu mais na interação do que na estética propriamente dita. A sua interface é um apanhado de recursos que permite que o usuário controle o celular tanto com toques quanto por comandos de voz e gestuais. Visualmente, é uma das mais simples e parecidas com a interface padrão do Android.

o Motorola Defy está de volta. O telefone, que recebeu o nome de Motorola Defy 2021, foi listado no site da empresa no Reino Unido. Espera-se que o lançamento aconteça em breve em mercados da Europa e da América Latina. O último aparelho da marca foi lançado em 2011 e apresentava a proposta de ser um celular “robusto”, que resistia à poeira e água. Por conta disso, o novo dispositivo segue a mesma abordagem, ser “indestrutível”. Ele aparenta ser um telefone voltado as pessoas descuidadas, como eu (aquele que te escreve) e para pessoas que se encontram em constante situação de risco para com o smathphone, como trabalhadores braçais, por exemplo.

O valores e data de lançamento ainda não foram anunciados, mas há rumores que ele esta previsto para ainda esse semestre ou no início do outro. Além do mais, foi anunciado apenas para alguns países europeus e “América Latina”, o que nos dá uma incerteza quanto a data de lançamento aqui no país tupiniquim. Os valores giram em torno de algo entre 280 e 360 euros, em média 1900 a 2030 reais, convertidos sem contar os impostos brasileiros.

Leia também:  Novo Samsung Galaxy S21 com Carregador no Brasil

Gabriel. B. Miossi.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *