Redmi Note 10 Pro Max é bom? Análise do Smartphone



Confira aqui os prós e contras do novo Redmi Note 10 Pro Max.

Uma das mais importantes multinacionais da atualidade está lançando uma questão para os consumidores: o modelo Redmi Note 10 Pro (Max) consiste em um aparelho de melhor categoria que o seu antecessor internacional?

Os representantes globais da empresa, antes desta questão, provocaram, voluntária ou involuntariamente, uma bela confusão na divulgação desta série. No mercado indiano o modelo estreou pelo título de Redmi Note 10 Pro (Max), reconhecido, assim, como o aparelho de maior avanço, mas em todo o resto do planeta – no Brasil não foi diferente – a estreia do Note 10 (Pro) chegou com esse adjetivo de melhor do mundo. Entretanto, explicam os especialistas, os dois modelos são, basicamente, os mesmos. A distinção chave é a seguinte: na versão Pro Max, foco desta matéria, não está munida de NFC. Assim, toda pessoa que estiver interessada na versão internacional poderá se beneficiar com as informações aqui divulgadas, sobre o smartphone.



Diferenças:

Os modelos Note 10 Pro e Pro – Max estão vazados dentro das mesmas configurações em termos de design, mantendo a mesma estrutura de plástico resistente, apresentando na parte traseira uma tampa de vidro munida da certificação IP53 (glass) que é protegida contra a ação da poeira, o desgaste. O display segue nas mesmas dimensões, no caso, o padrão do Note 9 (Pro). Ainda assim, os engenheiros da empresa decidiram trocar o parâmetro de painel tipo IPS (LCD) de 60 HZ, substituindo este pelo tipo AMOLED em grau 120 HZ. Este amplo quadro de comandos está munido do suporte em HDR10, que proporciona eficiente alcance em termos de nível do brilho, acrescido de uma calibração mais precisa nas tonalidades das cores.

Leia também:  Novo Samsung Galaxy Tab A7 2020 - Novidades, Preço e Lançamento

Está equipado de recurso de emissão para som estéreo, sinalizando que os quadros da empresa estão em intenso processo de evolução tecnológica, acompanhando, simultaneamente, as exigências dos consumidores.



Especificamente, a versão o Note 10 Pro (Max) está equipado de processador tipo Snapdragon 732 G. O teste perpetrado pelos especialistas indicou maior precisão na velocidade de acesso aos aplicativos, recursos, internet, embora não supere o seu antecessor em termos de multitarefas. O desempenho na execução dos games foi excelente, sem problemas de carregamento de imagens e demais configurações, além da boa apresentação das cenas no display de 120 Hz.

A nova bateria apresenta bom desempenho de autonomia, mas ainda não ultrapassa as outras produções da mesma linha. A causa dessa limitação está na execução das imagens em escala 120 Hz, por onde o fluxo de energia parece se concentrar mais. Mesmo assim, a bateria levou em torno de duas horas para descarregar, e leva o mesmo tempo para recarregar, dado que está equipada de um adaptador produzido no padrão indiano, o qual entrega menor potência quando conectado em tomadas de 110V.

O mesmo Note 10 Pro (Max) constitui, em realidade, uma espécie de modelo intermediário lançado pela organização chinesa, por estar equipado de lente de câmera em 108 Megapixels, que garante registro de fotos e vídeos em maior profundidade e destaque de detalhes.

Assim, finalizando esta avaliação essencial, os especialistas explicam que se trata de um smartphone que abrange alguns itens de série mais Top, considerando que o avanço tecnológico de certa forma vai igualando os modelos entre si, liquidando aos poucos as diferenças e equilibrando os valores de mercado.

Leia também:  Xiaomi Mi Mix 3 - Ficha Técnica, Preço, Novidades e Lançamento

Paulo Henrique dos Santos

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *