Moto G50 – Análise, Ficha Técnica, Preço



Confira os prós e contras do Moto G50 2021.

Nos últimos tempos a Motorola vem investindo cada vez mais no segmento de celulares com a tecnologia 5G no Brasil, para facilitar a busca dos usuários que querem um aparelho que conte com a quinta geração de internet móvel e que ao mesmo tempo forneça um preço mais acessível. Devido a isso, recentemente a empresa lançou o seu mais novo modelo, o Moto G50, que é mais uma opção de compra para os usuários que buscam por um bom intermediário que conte com a tecnologia avançada.

Este novo modelo da empresa chega através de uma parceria feita pela empresa com a operadora de telefonia móvel Claro, e pode ser encontrado para compra no site da própria Motorola, por cerca de R$ 2 mil. Mas resta saber, será que este modelo de fato vale a pena? A seguir falaremos um pouco dos atributos deste novo modelo e quais são seus pontos positivos e negativos.



Em relação ao seu design, o Moto G50 chega ao mercado com uma aparência bem simples, sem grandes inovações. Este é um aparelho feito em plástico, que conta com suas bordas mais largas e um entalhe em forma de gota, o que devido aos novos designs de celulares, aparenta um projeto mais antigo da empresa, visto que atualmente os modelos não estão vindo mais desta forma.

Além do mais, este novo modelo da Motorola conta com um painel de 90Hz, mas o seu brilho por outro lado é bastante baixo se comparado com outros modelos que estão no mercado atual, até mesmo da Motorola. Conta com apenas um alto-falante e pode não entregar uma potência muito grande neste quesito se os usuários buscam por este detalhe. Devido a esta particularidade, os usuários podem notar uma falta de equilíbrio sonoro, ao mesmo tempo que os baixos e os agudos não contam com uma potência muito exagerada, o que pode ser um ponto positivo mesmo diante desta questão.

Leia também:  Lenovo Z6 Youth Edition - Ficha Técnica e Preço


O G50 chega ao mercado com o Dimensity 700, o que mostra um desempenho bem semelhante ao de outros celulares que chegaram antes no mercado, como o realme 8 5G e o Redmi Note 10 5G. Outro ponto que pode ser um pouco desanimador para os usuários é o fato de que este aparelho não garante para o usuário uma forma de utilizar a tela 90Hz positivamente, pois serão poucos títulos de jogos que chegarão nos 90fps, portanto, não farão grandes usos desta funcionalidade neste quesito. Isso, pois para games que são mais pesados, será preciso que os jogadores usem o celular com os filtros desativados, o que pode ser um ponto muito negativo para os que buscam por um aparelho completo inclusive para jogar.

O novo modelo da Motorola chega com uma bateria de 5000 mAh, e consegue entregar uma boa autonomia. Com esta bateria, é possível que os usuários que não façam uso do aparelho de forma mais intensa ao longo do dia consigam ficar longe da tomada um dia completo. Neste quesito ele até mesmo consegue superar outros aparelhos que são semelhantes quanto as suas configurações. O G50 chega com um carregador de 20W que faz com que recarga demore cerca de duas horas e meia para ser finalizada, algo que poderia ser bem melhor e garantir um menor tempo de tomada.

Quanto as suas câmeras, o novo modelo da Motorola conta com uma principal com 48MP que registra fotos muito boas, mas que ficam melhores quando se usa o HDR. À noite, entretanto, ele pode não ser considerado um dos melhores, mas é bom que evite tirar fotos em locais muito escuros pois ele não possui muitas qualidades para salvar estas fotos. A câmera frontal consegue realizar selfies decentes tanto de dia quanto de noite, mas a filmadora poderia ser melhor. Portanto, fica a critério do usuário escolher o aparelho, mas para os que não precisam de grandes desempenhos, o custo-benefício do G50 é excelente.

Leia também:  Philco Hit P12 - Ficha Técnica e Preço

Nayara Silva Guimarães

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *