Como Escolher o Melhor Powerbank – Dicas para Comprar Carregador Portátil


Confira aqui as melhores dicas para você escolher o carregador portátil ideal.

A bateria do telefone, mas também a do tablet, com o uso crescente de aplicativos e serviços online, tende a durar cada vez menos. Por este motivo, a compra de um carregador portátil é imprescindível para não ficar sem bateria fora de casa. Mas quais características precisamos verificar antes de comprar?


O powerbank nos permite recarregar nossos dispositivos sem o uso de uma tomada de energia elétrica. Eles são ideais durante uma viagem ou durante um longo dia de trabalho, ou então enquanto fazemos pesquisas para nossos estudos. Existem inúmeros carregadores portáteis, cada um diferente em potência, formato, peso e tamanho. Alguns até têm cabos incluídos e outros têm várias portas, para carregar vários dispositivos ao mesmo tempo. Resumindo, se não temos muito conhecimento, não é fácil escolher o melhor carregador. Vamos ver como fazer.


Poder

O aspecto essencial é obviamente o poder. Ter um carregador portátil que não consegue nem carregar totalmente o nosso telefone pode ser inútil se tivermos que ficar longe de casa por mais tempo. Da mesma forma, se precisarmos apenas de uma pequena mão para chegar à noite, então pode estar tudo bem. Como sempre, tudo depende de nossas necessidades. Que deve ser bem avaliado para não gastar o nosso dinheiro em vão. Para entender a potência do carregador, temos que verificar seu mAh, ou miliamperes-hora. Os tamanhos mais comuns variam de 2000mAh até mais de 30000mAh. Obviamente, quanto maior o poder, maior o custo. Os pequenos carregadores de 2000 mAh vão garantir uma recarga de 50% para um smartphone. Embora este fator dependa da capacidade total da bateria do telefone. Portanto, eles são mais recomendados para dispositivos pequenos como GoPro, Kindles e fones de ouvido Bluetooth. Já um carregador de 10000mAh vai garantir ao seu smartphone entre 3 e 4 recargas. Sempre preste atenção à compatibilidade, caso contrário, a bateria do telefone pode ser danificada pelo uso desses dispositivos.


Portabilidade

Um carregador, para tablets ou smartphones, deve antes de tudo ser facilmente transportável. Ter um banco de energia muito poderoso, mas muito pesado, pode ser inútil. Tudo sempre depende de nossas necessidades. Se precisamos de um carregador para uma viagem ou para um trabalho fora do local, é muito melhor optar por soluções leves que caibam no bolso e não pesem na mala.


Potência da saída

Outro aspecto a considerar é entender a potência de saída do carregador que afetará a velocidade com que os smartphones serão recarregados. Além disso, este aspecto deve ser considerado especialmente se normalmente recarregamos vários dispositivos ao mesmo tempo. Caso contrário, se a potência de saída não for suficiente, não obteremos bons resultados em nenhum dos dispositivos colocados em carga.

Porte

Usamos apenas o smartphone ou também precisamos de recarga para tablets e acessórios? E porque não comprar um power bank bacana para toda a família ou para usar em uma viagem com os amigos? Também neste caso, as nossas necessidades fazem a diferença. Carregadores com várias portas, para carregar vários dispositivos em simultâneo, requerem mais energia e, portanto, custam mais. Mas eles são essenciais se quisermos usá-los com mais pessoas.

Cabos

Um aspecto secundário a considerar é a presença ou ausência de cabos e conectores. Um banco de energia deve sempre ter um cabo para conexão à tomada. Os cabos de conexão USB com smartphones e tablets são menos úteis. Nesse caso seria melhor usar os oficiais do aparelho.

Recarregar

Falando em termos de carregamento do carregador portátil, é importante manter alguns números em mente. A entrada de um banco de potência varia de 1Amp até 2,4Amp. Isso significa que quanto mais amplificadores, mais rápida será a recarga.

Proteções e certificação

Então, há toda uma série de aspectos a serem preferidos em um carregador portátil. Em primeiro lugar, a eficiência, que é a temperatura de funcionamento do carregador. É importante que ele não superaqueça, causando ferimentos em pessoas ou dispositivos. E lembre-se que em temperaturas extremas, tanto quentes como frias, não é altamente recomendável usar esses dispositivos. Por fim, lembre-se de somente comprar dispositivos certificados.


Karine de Santi Zago


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.