iPhone 12 – Análise e Review do Smartphone da Apple




Confira aqui os prós e contras do iPhone 12.

A multinacional Apple, na área de eletrônicos, é reconhecida como a maior de todas no ramo, pela consistência de seus aparelhos e por lançar produtos cuja totalidade das peças são produzidas pela própria fábrica.


Desta maneira, especialistas estão revisando o desempenho e qualidade do modelo iPhone 12, e o resultado foi: impecável, entretanto, tudo tem seus prós e contras. Neste caso, os pontos positivos foram apontados pelos mesmos especialistas foram: Presença da rede 5G; a Tela Super Retina tipo XDR (OLED) configurada em 6.1 polegadas; primeiro modelo, entre todas as marcas, munido de processador na escala de cinco nanômetros.

Pontos negativos: sua antena é irregular, prejudicando, em parte, o design; o carregador é adquirido à parte.

Feita a devida peneiragem, vamos aos detalhes.

Sobre o Design e a Construção:

Pode-se considerar a cereja do bolo, no que tange a essa parte do tema, o design que, embora tenha sido bastante aperfeiçoado, de modo a ser mais prático e manuseável, não há, propriamente, uma novidade aqui. Não é possível variar muito nesse quesito, dado que o tamanho e a finura específicos foram padronizados e os consumidores estão habituados a essa praticidade que permite ao aparelho ser uma janela para o mundo na palma da mão. Portanto, se trata de um modelo cujo design externo é muito semelhante às anteriores versões, tais como iPhone VI e V. Ponto positivo. Não se mexe em time que está ganhando.

Outros destaques são:

Eficiente capacidade nas ferramentas de conexões, consistindo em um aparelho com potência de executar a versão 5G, conexão Wi-Fi 6; sistema Bluetooth em escala 5.0 e mais a função NFC. O último recurso citado é muito utilizado pelos usuários da função Apple Pay, como meios de quitar contas. Outro ponto excelente é a presença da função de conexão física intitulada Lightning, que consiste em um padrão estabelecido e muito utilizado na linha de montagem da Apple.

Leia também:  Perigo de recarregar a bateria do celular em locais públicos

Destaque para a tela:

O iPhone 12 tem o melhor tipo de display entre os melhores, considerando que os engenheiros da Apple decidiram utilizar uma configuração OLED, a chamada Super Retina (XDR) inserida na linha de produção de todas as versões da marca. Mesmo o mais simples da série, o iPhone 12 mini, está equipado desse recurso.

A resolução entrega 2.532 por 1.170 pixels, suplementado por 460 ppp, ou pontos por polegada, atingindo a marca de 1.200 Nits via modo HDR; esta é a verdadeira, autêntica resolução Full HD de tipos estendida.

Estrutura de Software:

Está munido do processador A14 Bionic, já reconhecido, mundialmente, como o mais potente processador no atual mercado mobile. Basta citar que esta série está muito bem equipada de versões em escala 64 GB, em 128 GB e em 256 GB na função de armazenamento, embora, ponto negativo, não contem com o padrão de cartão de memória.

A cereja do bolo, no todo: as Câmeras:

A lente principal é a da parte traseira, cujo potência de abertura chega a f – 1.6. é inovadora e muito mais ampla em termos de capturar imagens e vídeos, sobretudo para registros em locais desprovidos de iluminação favorável. A lente de câmera frontal também possui força de 12 MP por aqui.

A bateria do modelo 12 tem força de 2.815 mAh. Embora parece fraca, entrega autonomia de quase 24 horas, mesmo com a projeção do display de 6,1 polegadas. Esta durabilidade no consumo de energia está associada ao novo processador tipo A14 Bionic, suplementado de litografia de cinco nanômetros, garantindo boa execução e economia, ao mesmo tempo.

Paulo Henrique dos Santos

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.