Review Redmi Note 9 – Análise do Celular


Confira aqui os principais prós e contras do Redmi Note 9.

Especialistas realizaram a análise sobre o Redmi Note 9. A conclusão é: aparelho eficiente, porém, como nenhum modelo é 100 % perfeito, as observações equilibram pontos positivos e negativos.


Distinção:

– Prós: entrega excelente autonomia da bateria; eficiente desempenho de software; a conexão P2 para o fone de ouvido.


– Contras: a capacidade de memória chega a apenas 3 GB, modo RAM, para a versão de 64 GB; a lente tipo macro e a de profundidade são bem limitadas; a presença da função Notch, na câmera frontal, prejudicou em certa medida o design do aparelho.


Destaques:

Seguindo no design: o Note 9 constitui um smartphone de tipo intermediário, compondo toda a própria série, cuja estreia se deu ano passado, por meio da Xiaomi. Está vazado em configuração de tela em 6,53 polegadas, que entrega resolução tipo full HD de 1080p.


Embora se trate de um modelo intermediário, está bem equipado com tela de vidro, primeira linha, mas, a lateral e o dorso são moldes de plástico, próprios dessa linha. Está munido da proteção Gorilla Glass 5, que protege de choques mais intensos. A dimensão externa está em 162,3 por 77,2 por 8,9 mm. O peso oficial é de 199 gramas.

A Tela:

Como já se sabe, chega a 6,53 polegadas, garantindo melhor visualização dos vídeos e fotos, redes sociais e sites, a navegação em internet. Como já se sabe, também, a sua resolução é de tipo full HD 1080p, entregando intensa qualidade na nitidez, na profundidade, nas cores, no equilíbrio da iluminação, entre outros detalhes na escala pixel.

Sobre a Configuração e o Desempenho:

Está equipado do chipset Hélio G – 85, determinado pelos engenheiros eletrônicos da companhia, na elaboração do aparelho. Embora possua o acessório de MediaTek, o qual apresenta algumas falhas ainda insolúveis, o modelo ainda é muito eficiente, mesmo assim.

Para resumir essa parte, está equipado de conectividade Wi-Fi ac (Wi-Fi 5); função Bluetooth 5.0, recurso à tecnologia 4G e à NFC. As versões apresentam as seguintes modalidades: 64 GB para 3 GB de Memória RAM e de 128 GB para 4 GB de Memória de RAM, entretanto, de acordo com os testes efetuados pelos especialistas do site, nesta atualizada avaliação, o modelo utilizado foi o de 128 GB para 4 GB em Memória RAM.

Estrutura da Câmera:

Como foi indicado acima, por mais potente que seja, o Note 9 deixou a desejar nesse ponto, mas, ainda assim está munido de quatro sensores na lente traseira, que possui 48 MP, mais a abertura de f (1.79) principal; a lente de oito (8) MP e abertura de f (2.2) na grande-angular; dois MP e abertura de f (2.4) em macro; lente de dois MP e abertura de f (2.4) tipo teleobjetiva. Na parte da frente a lente é de 13 MP, com abertura de f (2.25).

Sobre a Bateria e o Carregamento:

A linha possui uma super potente bateria de 5.020 mAh, um de seus pontos mais vantajosos. Além dessa escala avançada, que limita a concorrência, apresenta eficiente autonomia que pôde ser confirmada por meio de dois testes de estresse, nos quais foi amplamente explorada a função do brilho de tela e a capacidade máxima de volume, bem como do acessório Wi-Fi que permaneceu conectado full time.

Para concluir

Trata-se de um aparelho intermediário com desempenho de um verdadeiro top de linha, sobretudo por dois aspectos: o amplo display, aliado à super bateria de 5.020 mAh. Esta pode ser reconhecida como uma das mais vantajosas alternativas, em termos de smartphone, e que é comercializada por um valor mais acessível.


Paulo Henrique dos Santos


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.